0.000
Nome Artístico
Rosana Lanzelotte
Nome verdadeiro
Rosana de Saldanha da Gama Lanzelotte
Data de nascimento
23/6/1961
Local de nascimento
Rio de Janeiro, RJ
Dados biográficos

Instrumentista (cravista).

Formada em piano pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e pós-graduada no Conservatório Real de Haia (Holanda), sob a orientação de Jacques Ogg. Professora de cravo e informática para a música.

Dados artísticos

Instrumentista da área erudita (com destaque para a música de câmara) e algumas incursões na área popular, é considerada uma das principais cravistas brasileiras.

Iniciou sua carreira com a fundação do Quadro Cervantes.

Lançou, em 1989, o LP “Rozana Lanzelotte”.

Em 1991, apresentou-se, ao lado de Mauro Senise e David Chew, no show “De Bach a Pixinguinha”.

Três anos depois, interpretou em Houston (Texas, EUA) a “Sonata”, de Osvaldo Lacerda, na qual o compositor faz referências ao Nordeste do Brasil.

Inovadora na percepção da afinidade harmônica e rítmica do cravo com a música brasileira, vem estimulando compositores do nosso país no sentido de uma produção direcionada para a linguagem clavicenística.

Na década de 1990, lançou os CDs “J.S. Bach” (1995) e “O cravo brasileiro” (1998), no qual se destacam obras de Ernesto Nazareth como “Odeon” e “Batuque”, entre outras. O disco foi escolhido pelo jornal “O Globo” como um dos cinco melhores do ano.

Em 2002, gravou o CD “Haydn – Le sette ultime parole del nostro redentore in croce”. Nesse mesmo ano, executou, ao lado do Quarteto Amazônia, “As sete últimas palavras de Cristo”, de Joseph Haydn, no Outeiro da Glória, na abertura da décima edição do projeto “Rio Arte Música nas Igrejas”, idealiado pela cravista.

Comanda pesquisas na pós-graduação da Faculdade de Música da Uni-Rio, onde trabalha com um sistema de informações musicais para informatização de acervos.

Discografias
2002 Paulus CD Haydn-Le sette ultime parole del nostro redentore in croce
1998 Eldorado CD O cravo brasileiro
1995 CD J.S. Bach. Sono-Viso Vozes
1989 LP Rozana Lanzelotte