0.000
© g1
Nome Artístico
Reginaldo Rossi
Nome verdadeiro
Reginaldo Rossi
Data de nascimento
14/2/1944
Local de nascimento
Recife, PE
Data de morte
20/12/2013
Local de morte
Recife, PE
Dados biográficos

Cantor. Compositor. Estudou Engenharia Civil por quatro anos e chegou a dar aulas de matemática. Começou a se interessar por música em 1964, ouvindo os Beatles e intérpretes da Jovem Guarda. Faleceu aos 69 anos de idade, vítima de câncer no pulmão, no Hospital Memorial São José, onde estava internado desde o dia 27 de novembro. Apresentar-se-ia na festa de ano novo em Recife. Um dos principais cantores populares do país, apelidado de “O Rei do Brega”. Ao longo de sua vitoriosa carreira conquistou um disco de diamante; um de platina duplo, dois de platina e 14 discos de ouro.

Dados artísticos

 

Iniciou a carreira em 1964, imitando Roberto Carlos em apresentações em bares e clubes de Recife. Na época, era acompanhado pelo conjunto The Silver Jets. Em 1966 lançou selo Chantecler seu primeiro LP, “O pão”, música título composta em parceria com Namir Cury e Orácio Faustino. No ano seguinte lançou o LP “Festa dos pães”, música título feita em parceria com Waldemar Pimentel, além de outras de sua autoria como “Maior que Deus” e “Mexerico dos quadrados”. Lançou o disco seguinte somente em 1970, já pela CBS, onde estreou com o LP “À procura de você”, música de Geraldo Nunes e Clayton. Por essa época, afastou-se do gênero rock e passou a apresentar um repertório dentro do chamado brega-romântico, do qual se tornou um ícone. Lançou ainda mais quatro LPs pela CBS. Em 1976, passou a gravar pelo selo Beverly. No ano seguinte lançou o disco “Chega de promessas”, novamente pela CBS. Ficou sem gravar até 1980, quando foi contratado pela EMI, e gravou o LP “A volta”, com inúmeras composições de sua autoria, entre as quais, “Volta”, com Dom Pixote, “Uma tentação”, com Baby Santiago e “A idade do lobo”. Seguindo-se nove discos ao longo da década, nos quais gravou, entre outras, “Sua ausência”, de Eduardo Araújo, “A volta”, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Por essa época era um fenômeno de vendas no Norte e Nordeste, mas continuava esquecido no eixo Rio-São Paulo. Em 1987 lançou um de seus maiores sucessos, “Garçon”, de sua autoria e que estouraria no sul do país como grande sucesso no final da década de 1990. Em 1989 lançou o LP “Momentos de amor”, com músicas como “Saí da tua vida”, de Chico Roque e Carlos Colla, “Me tira da solidão”, de Chico Roque, Telma e Carlos Colla e “Momentos de amor”, de sua autoria. Na primeira metade dos anos 1990, lançou apenas um disco, pela modesta gravadora Celim. Em 1998 lançou pela Polydisc o CD “Reginaldo Rossi ao vivo”, com seus grandes sucessos, entre os quais, “A raposa e as uvas”, de sua autoria e “Mon amour, meu bem, ma femme”, de Cleide. Em 1999, o CD “Reginaldo Rossi the king”, contou com a participação de convidados como Wanderléia, em “Prova de fogo”, de Erasmo Carlos, Golden Boys, em “Fumacê”, de Solange Corrêa e Rossini Pinto, Roberta Miranda, em  “Vá com Deus”, de autoria da própria cantora e do grupo de rock Planet Hemp, em “Negro gato”, Getúlio Cortes. O disco vendeu 1 milhão de cópias. Em entrevista à revista “Veja”, afirmou que se orgulha de ser rotulado de brega, falava de si em terceira pessoa e se comparava a Mozart. Entre seus maiores sucessos estão “O pão”, “Mon amour, meu bem, ma femme”, “A raposa e as uvas” e “Garçom”, esta última a mais pedida em seus shows. Aceitou e ostenta o título de “Rei” da música brega. Em 2001 lançou novo CD ao vivo interpretando, entre outras, “O dia do corno”, de sua autoria, “Será que foi saudade?”, de Zezé di Camargo e “Em plena lua de mel”, de Calyton e Cleide.

Em 2000, teve a sua música “Garçom”, gravada por Roberta Miranda, no álbum ao vivo “A Majestade, o Sabiá”, lançado pela Universal Music. Em 2006, gravou seu primeiro DVD da carreira pela EMI Music, “Reginaldo Rossi – Ao vivo”, cujo repertório, constituído apenas de grandes sucessos, foi escolhido pelo próprio cantor. Entre outras, constaram “O Dia do Corno”, “Eu Devia Te Odiar”, “Volta Amor”, “Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme”; além do o mega hit “Garçon”. No ano seguinte, teve as músicas “Mon amour”, “Garçon” e “Dia do corno” gravadas pelo cantor Luano do Recife no Cd “Luano do Recife – Simplesmente brega – Volume 3”. Ao longo da carreira recebeu 14 discos de ouro, dois de platina, um de platina duplo e um de diamante. Teve diversas de suas composições gravadas por diferentes cantores e grupos, entre os quais, o Mastruz com Leite, que gravou um CD com suas composições em ritmo de forró. Em 2010, mantendo-se fiel ao estilo romântico exagerado, lançou, novamente pela EMI Music, seu segundo DVD, “Cabaret do Rossi”. Na apresentação ao vivo, que contou com um cenário de tecidos aveludados, poltronas vermelhas, entre outros elementos decorativos de um cabaret, fez releituras de grandes sucessos, tais como “Taras & Manias”, “Dama de Vermelho”, “Boate Azul”, tem também “Amor I Love You”, “Só Você”; além de uma versão inédita da música “I Will Survive”. O DVD, que teve produção de Antônio Mojica e Victor Kelly, foi indicado ao 22o Prêmio da Música Brasileira, na categoria melhor álbum de canção popular. No mesmo prêmio, foi o vencedor na categoria de melhor cantor.

 

Discografias
2010 Cabaret do Rossi - Emi Music - DVD
2006 Reginaldo Rossi ao vivo - Emi Music - DVD
2003 Indie Records CD Ao Vivo, O melhor do brega
2003 EMI CD Reginaldo Rossi
2001 EMI CD Para Sempre -Reginaldo Rossi
2001 Sony Music CD Reginaldo Rossi ao vivo
2000 Sony Music CD Reginaldo Rossi
1999 Continental CD Popularidade-Reginaldo Rossi
1999 Sony Music CD Reginaldo Rossi the king
1998 Polydisc CD Reginaldo Rossi-ao vivo
1992 LP Reginaldo Rossi. Celim
1990 EMI LP O rei
1989 EMI LP Momentos de amor
1987 EMI LP Reginaldo Rossi
1986 EMI LP Reginaldo Rossi
1983 EMI LP Sonha comigo
1982 EMI LP A raposa e as uvas
1981 EMI LP Cheio de amor
1980 EMI LP A volta
1977 CBS LP Chega de promessas
1976 Beverly LP Reginaldo Rossi
1974 CBS LP Reginaldo Rossi
1973 CBS LP Reginaldo Rossi
1972 CBS LP Nos teus braços
1971 CBS LP Reginaldo Rossi
1970 CBS LP `A procura de você
1967 Chantecler LP Festa dos pães
1966 Chantecler LP O pão
Obras
A dor, o pranto e a solidão
A guerra acabou
A idade do lobo
A porta
A raposa e as uvas
Amor, amor, amor
Antes, durante e depois
Arroz com feijão (c/ Jorge Mello)
As quatro estações
Barra pesada
Cheio de amor
Com outro rapaz Você foi embora
Coração safado
Dance
De hoje em dia
Decisão (c/ Jorge Mello)
Desterro
Dia a dia (c/ Jorge Mello)
Diário de Pernambuco
Dono do teu coração
Enquanto durou
Enquanto eu chorava
Era domingo
Feito de amor (c/ Beretta e Balsamo)
Felicidade
Festa dos pães (c/ Waldemar Pimentel)
Férias em Itamaracá
Gamadão (c/ Elenizio Moreira e Jocemar Ribeiro)
Garçom
Hoje à noite vou sair
Jeitinho brasileiro
Longe de mim
Maior que Deus
Masoquista
Me mata querida
Menino chato (c/ Ademir Batista)
Meu fracasso
Meu idiota coração
Meu tormento (c/ Adilson Silva)
Mexerico dos quadrados
Momentos de amor
Morrendo de amor
Mulher
No claro ou no escuro (c/ Brás Baccarin)
No fim do baile (c/ Eddy Franco)
No jardim (c/ Hélio de Araújo)
Nos teus braços
Nosso momento
Não agüento a solidão
Não mete a cara
Não sou nada
Não tem condição (c/ Cassiano Costa)
Não vale a pena
Não é loucura me querer (c/ Adilson Silva)
O amor em seus olhos (c/ Luiz Oliveira)
O dia do corno
O gênio cabeludo
O mal pela raiz
O melhor amigo meu
O melhor de mim (c/ Gláucia Prado)
O papa figo (c/ Nízio)
O paquerador
O pão
O rock vai voltar
O tempo é Deus
Ombro amigo
Os anjos cantam assim (c/ Waldemar Pimentel)
Os cacos do meu coração
Poema de um jovem apaixonado
Porque já não me mata de uma vez
Porquê?
Prisioneiro do rock
Procurando você
Quero matar de saudades (c/ Eros e Liebert)
Quero te pedir perdão
RP rock (c/ Baby Santiago)
Roma e amor (c/ Flávio Berto)
Saga
Sai de mim
Saudade imensa
Sem você eu já morri (c/ Luiz Carlos Magno)
Sem você não valho nada
Seu sentimento já morreu
Sonhando
Tenho algo a dizer-te (c/ Maria Alice)
Tenho que voltar
Tentação cigana
Teu melhor amigo
Teu olhar, teu andar
Tiazinha story
Um pedaço do céu
Um romance que ninguém leu
Um tempo de emoção
Uma alegre canção
Uma história tão linda
Uma tentação (c/ Baby Santiago)
Você faz feliz meu coração
Você quase acaba comigo (c/ Nivaldo Duarte)
Volta (c/ Dom Pixote)
Vou acabar com a vida de quem
Vou botar pra quebrar
Shows
2001 - Metropolitan - RJ
2001 - Olimpia - SP