0.000
©
Nome Artístico
Johnny Hooker
Nome verdadeiro
John Donovan Maia
Data de nascimento
6/8/1987
Local de nascimento
Recife (PE)
Dados biográficos

Cantor. Compositor. Ator. Roteirista.

 

Em 2018 fez uma declaração em um show no “Festival de Garanhuns”, em Pernambuco, de que Jesus Cristo é travesti. A afirmação dividiu opiniões e foi considerada como uma ofensa à fé cristã. A denúncia foi encaminhada para a Polícia Civil.

Dados artísticos

Em 2009 estreou como ator no curta-metragem “Não me deixe em casa”, do cineasta Daniel Aragão.

Em 2011 foi contemplado com o “Prêmio Multishow” como artista “Revelação”. Atuou  no longa “A febre do rato”, de Claudio Assis.

Em 2013 participou da minissérie “A menina sem qualidades”, de Felipe Hirsch, exibida pelo canal MTV Brasil.

Em 2012, assinando como Johnny and The Hookers, lançou o CD “Roquestar”.

Em 2014 lançou o clipe de “Alma sebosa”, com a participação de Zélia Duncan e dos atores Chandelly Braz, Luis Miranda, Rodrigo Pantolfo e Jesuíta Barbosa. O clipe conquistou o primeiro lugar no “Festcine” em Recife (PE).

Em 2015 lançou o CD “Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito!”, que incluiu faixas como “Alma sebosa”, incluída na trilha da novela “Geração Brasil”, da TV Globo, em que atou interpretando o músico Thales Salgado; “Amor marginal”, incluída na trilha da novela “Babilônia”, também da TV Globo; e “Volta”, incluída na trilha sonora do filme “Tatuagem” de Hilton Lacerda e gravada posteriormente como single por Fafá de Belém. Seu disco de estreia alcançou o primeiro lugar na plataforma de streaming Deezer e na categoria MPB do iTunes Brasil. A revista Rolling Stone Brasil considerou o CD como “Melhor Álbum do Ano” e a faixa-título como “Melhor Música do Ano”, pelo júri oficial. Foi ganhador do “Prêmio da Música Brasileira” na categoria “Melhor Cantor – Canção Popular”, na ocasião dividiu o palco com Alcione, para interpretar “Lama”, em homenagem a Maria Bethânia. Nesse mesmo ano lançou seu primeiro filme como roteirista e diretor, o curta-metragem “Classic”. O clipe de “Amor marginal”, com a participação dos atores Ariclenes Barroso, Carol Macedo e Luis Miranda, alcançou mais de 130 mil visualizações na primeira semana em que foi lançado.

Em 2016 regravou a música “Pense em mim”, sucesso de Leandro e Leonardo na década de 1990, para a trilha sonora da série “Justiça”, da TV Globo. Lançou o clipe de “Segunda chance” com direção de Marina Person.

Em 2017 lançou o CD “Coração”, que contou com as participações de Gaby Amarantos em “Corpo fechado” e de Liniker em “Flutua”. Regravou a música “Como vai você” (Antonio Marcos e Mário Marcos) para a trilha sonora da série “Os dias eram assim”, da TV Globo.

Em 2021 lançou o DVD “Macumba: Ao Vivo em Recife”, gravado cinco anos antes na casa Baile Perfumado em Recife (PE), com as participações de Otto, Isaar, Karina Buhr e Fafá de Belém.

Em 2022 lançou o CD “Orgia”, inspirado no livro “Orgia – Diários de Tulio Carella – Recife, 1960”, com 13 faixas para serem ouvidas em sequência como um “álbum-filme”.

Discografias
2022 Independente CD Orgia
2021 Independente DVD Macumba: Ao Vivo em Recife
2017 JBM Music CD Coração
2015 Independente CD Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito!
2012 Independente CD Roquestar
Obras
Abrigo
Alma sebosa
Amante de aluguel - (c/ Erica Colaço, DJ Thai e Arthur Marques)
Amor marginal
Caetano Veloso
Coração de manteiga de garrafa
Corpo fechado
Crise de carência
Escandalizar
Estandarte
Eu não sou seu lixo
Eu não sou seu lixo
Eu te desafio a me amar
Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito
Fake superstars
Flutua - (c/ Liniker)
Flutua - (c/ Liniker)
Hardbeat
Larga esse boy - (c/ Jáder)
Nos braços de um estranho
O sertão está em toda parte
Pare de ser rockstar
Poeira de estrelas
Poeira de estrelas
Página virada
Roquestar
Segunda chance
Só pra ser teu homem
Só pra ser teu homem
Touro
Você ainda pensa
Volta
Vuelve - (c/ Julia Konrad)
Clips
2016 Segunda chance
2015 Amor marginal
2014 Alma Sebosa