4.2010
©
Nome Artístico
Jaidete Varjão
Nome verdadeiro
Jaidete Martins Varjão
Data de nascimento
5/11/1970
Local de nascimento
Curaçá, BA
Dados biográficos

Cantora. Compositora.

Nasceu no povoado de Mundo Novo, na cidade de Curaçá, no interior da Bahia.

Seu tio tocava sanfona.

No ano de 1988 transferiu-se para a cidade Juazeiro, no Estado da Bahia, e em 2016, mudou-se para Petrolina, em Pernambuco.

Dados artísticos

Começou a carreira artística no ano de 1990 como cantora da noite em bares e casas noturnas, sendo convidada a integrar, como backing vocal, diversas bandas da região, entre as quais a de Raimundinho do Acordeon, Targino Gondim, Zezinho da Ema, Limão com Mel, entre outras, participando como vocalista das gravações de CDs e DVDS de alguns destes artistas e bandas. Logo depois, no ano de 2003, deu início à carreira solo.

Em 2004 lançou o primeiro CD intitulado “Jogo da sedução”, produzido por Duda da Passira, do qual se destacaram as faixas “Homenagem a Curaçá” e “Poço de Fora”, ambas de autoria de Edinaldo Mota. No disco também interpretou as composições “Da boca pra fora”, “Seu lamento” e “Coração de marfim”, as três do compositor Benicio de Arcenio, além de “Jogo duro”, “Sanfoneiro”, “Forró e vaquejada”, “Meu benzinho”, “Meu lindo amor” e a faixa-título “Jogo da sedução”, todas de Edinaldo Mota, e ainda, “Coração em pedaços”, música de autoria de Edinaldo Fonsêca, o qual fez participação especial na faixa. Com este trabalho fez vários shows de lançamentos em escolas e festas culturais nos município de Curaçá.

No ano de 2014, gravou ao vivo o disco “Forrozão Ypsilone ao vivo”, acompanhada por uma banda integrada por Yargo Feghali (acordeon), Nelsinho Sanfoneiro (acordeon), Aldo Souza (guitarra), Santiago (baixo), Nilton (zabumba), Gabirú (triângulo) e Junior (bateria). No CD interpretou “Feira de Mangaio” (Sivuca e Glorinha Gadelha); “Sebastiana” (Rosil Cavalcanti); “Esperando na janela” (Raimundinho do Acordeon,Targino Gondim e Manuca Almeida); “Homenagem à Curaçá” (Edinaldo Mota); “Pra se aninhar” (Targino Gondim); “Cometa mambembe” (Carlos Pitta e Edmundo Carôso); “Frevo mulher” (Zé Ramalho); “Poço de Fora” (Edinaldo Mota); “É só você querer” (Nando Cordel); “Se tu quiser” (Chico Bezerra); “Parte da minha vida” (Petrúcio Amorim); “Da boca pra fora” (Edinaldo Mota); “Estrela da manhã” (Nando Cordel); “Eu só quero um xodó” (Dominguinhos e Anastácia); “Gostoso demais” (Dominguinhos e Nando Cordel); “Ai que saudade de ocê” (Vital Farias); “Anjo querubim” (Petrúcio Amorim e Jorge de Altinho); “Se lembra coração” (Luis Fidélis e Ferreira Filho); “Jogo duro” (Edinaldo Mota); “Noda de caju” (Luis Fidélis); “Coração em pedaços” (Edinaldo Fonsêca) e “De volta pro meu aconchego”, de Dominguinhos e Nando Cordel.

Em 2018, produzido por Josivan Gargamel, lançou o CD “Eu e Você – músicas verdadeiras jamais serão passageiras”, com participações especiais de Luiz Mário (Trio Nordestino) na faixa “Amor misterioso” (Midian Alves e Lindolfo Barbosa); Targino Gondim em “Banquete dos signos” (Zé Ramalho); Raimundinho do Acordeon na composição “Festa de arraiá” (Raimundinho do Acordeon) e Adelmário Coelho na música “Viver sempre um grande amor”, de autoria de Antonio José, além Flávio Leandro, em dueto, na faixa “Casca de amendoim”, de Maria Tereza, Jó Reis e Euclides Amaral. Também foram incluídas no disco “Como é bom recordar” (Irenildo A. Silva); “13 de dezembro” (Raimundinho do Acordeon); “Não precisa chorar” (Pititiu Miranda); “Levando a vida” (Marquinhos e D. Matias); “Se lembra coração” (Luis Fidélis e Ferreira Filho); “Miragem” (Kátia de Tróia); “Assim é o nosso amor” (Antonio José), e ainda, a faixa-título “Eu e você”, composta em parceria com Raimundinho do Acordeon. Os músicos que atuaram no trabalho foram Pernalonga (sanfona), Gargamel (bateria), Maurinho (baixo), Ygor Guimarães (guitarra), PH Lucas (zabumba, triângulo e agogô) e Yargo Feghali (arranjos, teclados e viola de 12 cordas). No ano seguinte, em 2019, apresentou o show “Eu, você e o forró”, lançando o disco “Eu e você – músicas verdadeiras jamais serão passageiras”, no espaço Coisas do Sertão – Artefatos Nordestinos, localizado no Beco da Cultura, em Petrolina, no Estado de Pernambuco, contando com a participação especial do grupo de forró Nossa Época.

Discografias
2018 Independente CD Eu e você - músicas verdadeiras jamais serão passageiras
2014 Independente CD Forrozão Ypsilone ao vivo
2004 Independente CD Jogo da sedução
Obras
Eu e você (c/ Raimundinho do Acordeon)
Não vejo a hora
Bibliografia Crítica

AMARAL, Euclides. A Letra & a Poesia na MPB: Semelhanças & Diferenças. Rio de Janeiro: EAS Editora, 2019.