Busca:

Nadinho da Ilha

Aguinaldo Caldeira
11/6/1934 Rio de Janeiro, RJ
4/8/2009 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Ainda jovem integrou, como segundo cantor, o grupo de Heitor dos Prazeres. Participou de vários programas de televisão, entre eles o "Programa do Chacrinha". No ano de 1973 venceu com a composição "Baineiro" o "Festival de Juiz de Fora". Em 1974, com produção de Aloisio de Oliveira e ao lado Elza Soares, Miltinho, Pery Ribeiro, entre outros, participou do disco de Billy Blanco em homenagem a São Paulo. Como ator participou em 1976 da peça "Deus lhe pague", de Joracy Camargo (com direção de Procópio Ferreira) e trilha composta por Edu Lobo e Vinicius de Moraes, na qual interpretou "Eu agradeço" (junto a Marco Nanini e Neusa Borges), "Tá difícil" (com Neusa Borges e Sidney Marques) e ainda "Um novo dia", em disco lançado pela gravadora EMI neste mesmo ano. Em 1977, com produção de João de Aquino, lançou o LP "Cabeça feita", disco no qual contou com a participação especial de Wilson Moreira, Délcio Carvalho e Walter Rosa na faixa "Só chora quem ama", de autoria de Wilson Moreira e Nei Lopes. No LP também interpretou "Yaô" (Pixinguinha e João da Baiana) com participação especial de Tia Hilda. No ano de 1978 atuou na peça "Ópera do malandro", de Chico Buarque, participando também do disco homônimo com a trilha sonora da peça lançado no ano posterior. Em 1998, ao lado de Rildo Hora, Afonso Machado, Délcio Carvalho, Walter Alfaiate, Tania Machado, entre outros, participou do disco "O samba sabe o que quer", de Sérgio Botto e Guilherme Godoy, no qual interpretou em dupla com Nélson Sargento a faixa "O trem da história". Neste mesmo ano, ao lado de Noca da Portela, Wilson Moreira, Nelson Sargento, Dorina, Monarco, Casquinha, Guilherme de Brito, Baianinho, Argemiro da Portela e Darcy Maravilha, participou do disco "Casa da Mãe Joana", no qual interpretou em dueto com Darcy Maravilha "A cobra" (Aimoré Costa), " Cobra caiana" (João de Aquino e Hermínio Belo de Carvalho), "Pavio curto" (Darcy Maravilha e Maurílio Faria) e com Zé Kéti a faixa "Clementina de Jesus", de autoria de Zé Kéti. No ano seguinte, em 1999, com produção de Henrique Cazes, gravou o CD "O Samba bem humorado de Nadinho da Ilha" (RGE), que contou com arranjos de Paulão 7 Cordas e Henrique Cazes, disco no qual interpretou composições de Geraldo Pereira, Ismael Silva, e ainda "Volante de contenção", composta por Aldir Blanc para o LP. Neste mesmo ano interpretou, em dueto com Maria Carolina, a parte cantada do livro-CD "Mestre Pixinguinha para crianças", organizado por Carlos Alberto Rabaça e produzido por Henrique Cazes. Em 2003 a EMI relançou o disco "Cabeça feita" pela série "Odeon Cem anos". No ano de 2005 apresentou o show  "Nadinho da Ilha interpreta Geraldo Pereira", no Rio Scenarium. Gravou mais de dez compactos simples e vários LPs e CD coletivos, além de participar como corista de diversos discos de artistas como Monarco, Beth Carvalho, Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho, entre outros. Durante a carreira lançou 39 discos, entre lps, compactos e CDs. Na TV participou de humorísticos como "A festa é nossa". Integrou o programa humorístico "Cabaré do Barata", com Agildo Ribeiro, na Rede Manchete. Participou do "Loucuras Cariocas", de Carlos Imperial, como ator e cantor.

Mais visitados
da semana

1 Festivais de Música Popular
2 Noel Rosa
3 Karen Keldani
4 Tiee
5 Gonzaguinha
6 Vanusa
7 João Nogueira
8 Gilberto Gil
9 Paulinho da Viola
10 Mário Campanha