Busca:

Kassin

Alexandre Masset Kassin
1974

Dados Artísticos

Nos anos 1990, fez parte da banda Acabou La Tequila. Em 2001, formou, com Moreno Veloso e Domenico Lancelotti, o trio +2, com o qual lançou os CDs “Máquina de fazer música” (Moreno+2), nesse mesmo ano, “Sincerely Hot” (Domenico+2), em 2003, e “Futurismo” (Kassin+2), em 2006. Faz parte da Orquestra Imperial, com a qual lançou, em 2007, o CD “Carnaval só no ano que vem”. Produziu discos de Totonho e os Cabras (“Sabotador de Satélite”, 2001), Caetano Veloso e Jorge Mautner (“Eu não peço desculpas”, 2002), Adriana Calcanhotto (“Cantada, 2002), Los Hermanos (“Ventura, 2003, e “4”, 2005), Thalma de Freitas (“Thalma de Freitas”, 2005), Caetano Veloso (“Cê”, 2006), Jorge Mautner (“Revirão”, 2007), Vanessa da Mata (“Sim”, 2007) e Mallu Magalhães (“Mallu Magalhães”, 2009), além dos três CDs do grupo +2: “Máquina de escrever música”, Moreno +2, 2000; “Sincerely Hot”, Domenico +2, 2003; e “Futurismo”, Kassin +2, 2006. Em 2011, lançou seu primeiro disco solo, “Sonhando devagar”. Em 2012 apresentou-se no festival “Rock in Rio Lisboa”, em Portugal, ao lado do músico brasileiro Hyldon e do grupo português Orelha Negra. Em 2018 lançou o CD solo “Relax”, que já havia sido lançado no Japão no ano anterior, com participações da cantora Clarice Falcão na versão de “Coisinha estúpida (Something stupid)” (Carson Parks em versão em português de Leno); de Zabelê em “Enquanto desaba o mundo” (Kassin); de Marcos Valle em “Relax” (Kassin e Alberto Continentino); do grupo polonês Mitch & Mitch em “O anestesista” (Kassin); de Hyldon e do grupo português Orelha negra em “Estrada branca” (Hyldon).

Mais visitados
da semana

1 Jaburu Batera
2 Mário Silva
3 Karen Keldani
4 Paulinho da Viola
5 Tiee
6 Noel Rosa
7 Festivais de Música Popular
8 Augusto César Vannucci
9 Cartola
10 Gonzaguinha