Busca:

José Lino Grünewald

José Lino Grünewald
Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Começou no jornalismo em 1956, no suplemento literário do Jornal do Brasil, por intermédio do poeta Mário Faustino. Nessa época, o movimento concretista de Augusto, Haroldo de Campos e Décio Pignatari se espalhava pelo país, tendo em José Lino Grünewald um de seus representantes no Rio de Janeiro. Durante muitos anos foi crítico de cinema e de música popular, tornando-se um especialista na nouvelle vague francesa, em Gardel e no gênero tango, e nos cantores da velha-guarda da MPB, tais como: Orlando Silva, Francisco Alves, Carlos Galhardo, entre outros. Foi um assumido crítico do estilo de João Gilberto. Costumava dizer que: "O que me fascina é vozeirão e não esse negócio de bim-bom pra lá, bim-bom pra cá...". Recebeu o Prêmio Jabuti em 1987, pela tradução de "Os cantos", de Erza Pound. Traduziu várias obras literárias. Organizou várias coletâneas de poesia pela Editora Nova Fronteira ("Grandes sonetos da nossa língua", "Grandes poetas da língua inglesa do século XIX", "Poetas franceses do século XIX" e "Poetas da Inconfidência"). Publicou "Carlos Gardel, Lunfardo e tango", "Escreviver" e "Pedras de toque da poesia brasileira".

Mais visitados
da semana

1 Festivais de Música Popular
2 Noel Rosa
3 Karen Keldani
4 Tiee
5 Gonzaguinha
6 Vanusa
7 João Nogueira
8 Gilberto Gil
9 Paulinho da Viola
10 Mário Campanha