Busca:

Compasso da Vila



Dados Artísticos

Formado em 1991 e integrado por Jair Corrêa (pandeiro e voz), Caju (Paulo Roberto Motta - tantã e voz), PC (Paulo Cesar Corrêa - tantã e voz), Ives (Antônio Ives Anselmo de Oliveira - banjo e voz), Álvaro (Álvaro Lúcio Gomes de Campos - violão e voz) e Itamar (cavaquinho e voz) firmou-se no cenário musical carioca com um repertório que aliava o samba de terreiro, o partido alto, o samba sincopado e o choro à novíssima geração de sambistas e compositores. Entre os integrantes, Jair Corrêa vem da época de ouro do rádio, tendo tocado com Waldir Azevedo e Jacob do Bandolim. Caju começou como integrante da bateria mirim da Escola de Samba Unidos de Vila Isabel e fez participações ao lado de artistas como João Nogueira, Nei Lopes, D. Ivone Lara, Noca da Portela, entre outros. Paulo César é compositor e autor de uma das músicas do CD "Butiquim do Martinho", e percussionista elogiado por artistas e músicos, sempre convidado para participar de gravações e shows. Ives é compositor e instrumentista, integrante da ala de compositores do G.R.E.S. Caprichosos de Pilares, sendo finalista de sambas-enredo por diversas vezes. Iniciou sua carreira artística nas rodas de samba formadas no Bloco Cacique de Ramos em 1987, e defendeu as escolas de samba Porto da Pedra e Caprichosos de Pilares como principal cavaquinista nos desfiles de carnaval na Marquês de Sapucaí. Álvaro, violonista de formação clássica, estudou na Escola de Música Villa-Lobos por cinco anos (violão clássico e teoria), também graduado pela Universidade Estácio de Sá. Itamar é um dos músicos preferidos nas rodas de pagode da cidade, por sua cadência e solos criativos, sendo considerado um dos melhores cavaquinistas do Rio de Janeiro. Além de realizar shows em teatros e casas noturnas, comanda a roda de samba que acontece aos domingos no Butiquim do Martinho - no bairro de Vila Isabel (RJ), desde sua inauguração. Ali, o grupo recebe convidados ilustres e está à frente de uma das rodas de samba mais movimentadas da cidade. O show de lançamento do CD "Coisas de Deus", de Martinho da Vila, realizado no Canecão, no Rio de Janeiro em 1997, contou com a participação especial do grupo, que foi chamado pelo cantor para entrar em cena e armar um pagode de mesa. O grupo canta sambas de sucessos e também composições próprias. Participou das faixas "Sintonia do amor" e "Zé Rosa", do CD "Butiquim do Martinho", lançado pela Sony Music em 1997, que também contou com a participação de vários artistas ligados ao sambista de Vila de Isabel. O disco alcançou no primeiro mês 40 mil cópias vendidas. Uma das faixas gravadas pelo grupo, a música "Sintonia do amor", ficou por muito tempo nas paradas das rádios AM e FM que tocam samba e pagode por todo o país. Em 2003 o grupo apresentou-se regularmente no Tijuca Tênis Clube, sempre recebendo um convidado especial, entre eles, Agrião e Eliane Faria. No ano de 2004 o grupo apresentou-se no Bar Dama da Noite.

Mais visitados
da semana

1 Jaburu Batera
2 Mário Silva
3 Paulinho da Viola
4 Noel Rosa
5 Tiee
6 Festivais de Música Popular
7 Cartola
8 Gonzaguinha
9 Pinocchio
10 Martinho da Vila