Busca:

Chão e Chinelo



Dados Artísticos

Grupo formado no bairro de Casa Forte, em Recife, no ano de 1995. Integrado por Márcio Costa (vocal, matraca, pandeiro e baje), Guilherme Medeiros (vocal, bombo 20", triângulo mineiro e maracas), Maciel Salu (voz, rabeca, pandeiro, gaita e surrão), Nilton Jr.(voz, vocal, guitarra, agogô, gonguê, baje, maraca e flauta hopi), Caçapa (voz, viola de 10 cordas, zabumba, bombo 20" e maracas) e Gustavo Vilar (vocal, pandeiro, palmas, mineiro, surrão e maracas). O nome do grupo surgiu a partir de uma brincadeira de um dos integrantes, que soltou a seguinte frase "Forró pra ser bom tem que ter chão e chinelo". Seus fundadores foram três estudantes dos cursos de história e psicologia da Universidade Federal de Pernambuco. Inicialmente o grupo foi criado somente para uma apresentação dentro da Universidade Federal de Pernambuco. Logo depois, o trio Guilherme Medeiros e Gustavo Vilar (percussionistas) e Chiló (sanfoneiro), continuou a realizar shows na universidade, interpretando composições de Luiz Gonzaga, entre outros. Após a entrada do percussionista Caçapa e do compositor e maracatuzeiro Maciel Salu (filho do Mestre Salustiano), o grupo começou a desenvolver composições próprias com uma forte influência de ritmos da região: coco, maracatu de baque-solto, música indígena, baião e toada de cavala-marinho. Com a saída de Chiló e a entrada de Márcio Costa e de Nilton Jr., este último ex-integrante do grupo de música indígena Alma em Água, o grupo tornou-se mais eclético musicalmente com as diversas referências da música pernambucana. No ano de 1997, apresentou-se no "Festival Rec-Beat de Carnaval", em Olinda, no "Festival de Inverno de Garanhuns" e realizou o projeto "E eu correndo atrás de tu", no qual recebia diversos convidados no Bar Soparia, em Recife. Em 1999 apresentou-se outra vez no "Festival Rec-Beat de Carnaval", em Recife e no "Festival Soul do Mangue". Neste mesmo ano de 1999 lançou o primeiro CD "Loa do Boi Meia Noite". O disco contou com as participações especiais de Siba Veloso (do grupo Mestre Ambrósio) e da banda Comadre Florzinha. Ainda neste ano, ao lado da cantora e compositora Stela Campos, das bandas Comadre Fulorzinha e Eddie, entre outras, participou da coletânea "Baião de Viramundo - Tributo a Luiz Gonzaga", na qual o grupo interpretou a faixa "Marimbondo". Outras coletâneas importantes foram "Recife Rock Mangue" e "Pernambuco em Concerto", interpretando a faixa "Pau Pereira", de autoria de Nilton Jr. e Marcelo Zona Sul. Alguns de seus integrantes participam de atividades artísticas paralelas como é o caso de Nilton Jr. que integra o Boi Da Gurita Seca (Boi de carnaval que sai na quarta-feira de cinzas e tem como mestre o músico Siba). Maciel Salu, outro integrante do grupo, além de ser mestre do Boi do Cupim (outro boi carnavalesco) é integrante da Orchestra Santa Massa, grupo que acompanha o DJ Dolores.

Mais visitados
da semana

1 Karen Keldani
2 Jaburu Batera
3 Festivais de Música Popular
4 Noel Rosa
5 Tiee
6 Gonzaguinha
7 Augusto César Vannucci
8 Gilberto Gil
9 João Nogueira
10 Vanusa