Busca:

Baco Exu do Blues

Diogo Alvaro Ferreira Moncorvo
11/1/1996 Salvador, BA

Dados Artísticos

Começou a rimar nas batalhas de rap em Salvador (BA). Em 2006 lançou o single “Sulicídio”, gravado com o pernambucano Diomedes Chinaski. Em 2017 lançou seu primeiro CD “Esú”, com músicas inéditas e autorais, produzido por Nancy Silvvs. O CD foi considerado o melhor disco do ano pelo crítico musical Mauro Ferreira em sua coluna no portal G1. Em 2018 apresentou o show de lançamento do CD “Esú” no palco do Circo Voador, no Rio de Janeiro. Nesse mesmo ano lançou o CD inédito e autoral “Bluesman”, ficando responsável também pela produção. O disco contou com a participação do músico paulistano Tim Bernardes cantando e tocando piano na faixa “Queima a minha pele” e na guitarra da faixa “Flamingos”. O CD também teve participação da cantora 1lum3 (Ilume), do trio curitibano Tuyo. A música “Te amo disgraça” entrou para a trilha sonora da série “Ilha de ferro”, da Rede Globo. O show de lançamento do CD “Bluesman”, marcado para o início de 2019 no Circo Voador, teve seus ingressos esgotados em menos de 24 horas após ser divulgado, com mais de um mês de antecedência. O CD “Bluesman” foi eleito pela crítica especializada do jornal O Globo um dos dez melhores discos de 2018. Em 2019 participou do projeto “Hip Hop Hurricane” realizado no Palco Sunset do festival “Rock in Rio”, no Rio de Janeiro, ao lado da Nova Orquestra, formada por 45 músicos, e dos rappers Agir, Rael e Rincon Sapiência. Em 2020 apresentou o show “Bluesman” em palco montado na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, para um público estimado de 40 mil pessoas. Na ocasião, em que comemorava seus 24 anos de idade, convidou o público a cantar o parabéns durante o espetáculo. O show teve participação da cantora Urias, do rapper BK, e de outros artistas. Nesse mesmo ano lançou o CD “Não tem bacanal na quarentena”, gravado durante o período de isolamento social por conta à pandemia do vírus Covid-19, com nove faixas inéditas e autorais, sendo essas “Jovem preto rico”,  “Tudo vai dar certo”, com a participação da rapper 1LUM3”, “Ela é gostosa pra caralho”, com a participação da cantora Maya, “Preso em casa cheio de tesão”, com a participação da cantora Lellê, “Humanos não matam deuses”, “O sol mais quente”, com a participação da cantora Aisha, “Dedo no cu e gritaria”, com a participação dos rappers Celo Dut, Vírus e Young Piva, “Tropa do Babu”, “Amo Cardi B e odeio Bozo”. O disco, disponibilizado na internet sem aviso prévio, antecipou-se ao CD “Bacanal”, gravado no Rio de Janeiro, cujo lançamento foi adiado devido à quarentena.

Mais visitados
da semana

1 Jaburu Batera
2 Karen Keldani
3 Festivais de Música Popular
4 Noel Rosa
5 Tiee
6 Gonzaguinha
7 Mário Silva
8 Augusto César Vannucci
9 Gilberto Gil
10 João Nogueira