Busca:

Zilá Santos

Zilá Hoyte dos Santos

Dados Artísticos

Em 2018 lançou "Coisas do interior", com produção executiva de Dib Elias, produção artística de Adelzon Alves e direção musical de Evandro Lima. No CD, interpretou de sua autoria a faixa "Candeia", em parceria com Luiz Carlos Bitencourt, além de composições de outros autores, tais como "Qualquer dia" (Juarez da Boca do Mato e Matias de Freitas); "Réquiem para Jacob do Bandolim" (Aluísio Machado); "Delicioso" (Everaldo da Viola); "Sim, foi amor" (Wilson Bombeiro e Anézio); "Romildo" (Jairo Bráulio e Mário Carabina);"Plural da solidão" (João da Paz e Sérgio Fonseca); "Depois que você partiu" (Gracinha do Pagode) e a faixa-título "Coisas do interior", de Juarez da Boca do Mato. No disco, teve como acompanhantes os músicos Evandro Lima (arranjo e violão), Alceu Maia (viola e cavaquinho), Vicente Felisberto (cavaquinho), Tiago Souza (bandolim), Dirceu Leite (flauta e clarinete), Luciano Oliveira (acordeom), Caçula (violão de sete cordas), Joe Luiz, Rodrigo Reis e Marcelo Pizzott (percussão), Mônica Mac, Ircéa Pagodinho, Cassiana Belfort, Joe Muniz (coro), contando também com as participações especiais de Vidal Assis (voz) na faixa "Meu romance" (J. Cascata e Leonel Azevedo) e Carlinho Amanhã (voz) nas músicas "Amor de roça" (Carlinho Amanhã e Wilsinho Saravá) e "Carola da Fonte Nova", de Pereirão, Marcão de Mangaratiba e Carlinho Amanhã.   O trabalho contou com texto de apresentação de seu produtor artístico, Adelzon Alves, do qual destacamos o trecho:   "Enfim, uma bela e originalíssima voz negra, como Jovelina e Clementina, do sempre surpreendente mundo do samba, que como disse muito bem o mestre Nelson Sargento, 'Agoniza, mas não morre'. Francamente, nem esquentei que tivesse de gastar uma tinta sobre esse CD da Zilá, como antes fizera com tantas outras produções como a de Clara Nunes, a de Candeia, a de Dona Ivone Lara, a de João Nogueira, a dos Tincoãs, para lembrar alguns. Isso muito menos por qualquer mérito meu, porém muito mais pelos excelentes compositores que enriquecem este disco."   Segundo o poeta e letrista Sérgio Fonseca, em outro texto de apresentação:   "Zilá 'Dandara' Santos, como é conhecida, é uma voz. Personalíssima e única, sua figura, reúne em si os perfis de Carmem Costa, Clementina de Jesus e Jovelina Pérola Negra."

Mais visitados
da semana

1 Jorge Portugal
2 Renato Barros
3 Caetano Veloso
4 Festival MPB 80 (Rede Globo)
5 José Camillo
6 Moreno Veloso
7 Mayck e Lyan
8 Sivuca
9 Tiee
10 Noel Rosa