Busca:

Zezinho do Trombone

José Catharina Gonçalves Filho
8/1/1908 Guaratinguetá, SP
20/2/1962 Santo André, SP

Dados Artísticos

Em sua juventude participou ativamente do carnaval da cidade de Guaratinguetá onde desfilou em blocos como "Os Tesouas" no qual tocou ao lado de nomes como Dilermando Reis, Emílio Cortes e Paulo Alfaiate. Em 1932, recebeu amplos elogios do jornal "Correio Popular" de sua cidade natal por suas composições carnavalescas. Como músico da Banda do 5º Regimento de Infantaria de Lorena percorreu diversas cidades do Vale do Paraíba realizando apresentações. Em 1938, compôs o hino oficial do Bloco Alegria e Nada Mais, novo nome do antigo bloco "Os Tesouras". Essa composição de título "Alegria" foi cantada por muitos anos no carnaval de Guaratinguetá. Como arranjador fez em 1959 os arranjos para o LP "Dalva de Oliveira canta boleros" lançado pela cantora Dalva de Oliveira na gravadora Odeon. Nesse disco, fez os arranjos para boleros como "Lembra", de Tito Clement; "Sábias palavras", de Mário Rossi e Marino Pinto; "Vida da minha vida", de Antônio Almeida, e "Finalmente", de Marino Pinto e Jota Pereira. Dirigiu uma banda com a qual chegou a fazer gravações além de realizar apresentações. Em 1958, com o grupo Catarino e sua Banda gravou na Odeon o maxixe "Bandinha Aurora" e o samba "Bom dia, café", ambos de de autoria de Victor Simon. Com a gravação desse disco, recebeu o troféu "Chico Viola" como um dos melhores discos do ano recebendo a premiação no começo do ano seguinte em espetáculo realizado na inauguração do auditório da Rádio e TV Record. Ainda em 1959, gravou com sua bandinha os sambas "Terreiro de Iaiá", de Victor Simon, e "Samba Brasil", de Victor Simon e Hector Lagna Fietta Jr. É considerado ao lado de Bonfíglio de Oliveira como um dos principais músicos de Guaratinguetá.

Mais visitados
da semana

1 Caetano Veloso
2 Tom Jobim
3 Assis Valente
4 Nelson Cavaquinho
5 João Gilberto
6 Hermeto Pascoal
7 Música Sertaneja
8 Ary Barroso
9 Gilberto Gil
10 Chico Buarque