Busca:

Zero



Dados Artísticos

Banda de rock formada por Guilherme Isnard (voz), Yan França (guitarra), Jorge Pescara (baixo) e Kim Pereira (bateria) na década de 1980. Lançou o primeiro disco, um compacto simples pela gravadora CBS, com a música "Heróis". Logo depois gravou o primeiro LP: "Passos no escuro", pela gravadora EMI-Odeon, chegando a vender mais de 120.000 cópias. Ainda pela gravadora EMI/Odeon gravou mais um disco: "Carne humana". Em 2000 lançou, pelo selo Unilimited Music, o CD "Electro acústico". Neste disco, fez uma releitura de alguns sucessos da carreira do grupo, entre eles, "Agora eu sei", "Formosa", "Heróis" e "Quimeras" e ainda contou com a participação de Bruno Gouveia (Biquini Cavadão). No ano de 2002, ao lado do cantor e compositor Toni Platão, fez show de lançamento do disco "Eletroacústico" na Lona Cultural Gilberto Gil, em Realengo, zona oeste do Rio de Janeiro. Em 2003, com uma nova formação, a banda voltou a se apresentar no Rio de Janeiro, desta vez na boite Melt, no Leblon. Na ocasião tocou diversas composições inéditas e já conhecidas do repertório da banda: "Balada de uma tarde cinza" (Guilherme Isnard e Fred Nascimento), "Nervos de plástico" (Guilherme Isnard, Marcelo Frommer e Marcelo Salen), "Felicidade máxima" (Guilherme Isnard) e "Pra poder dormir em paz" (Guilherme Isnard e Sérgio Serra) e "Centúrias" (Guilherme Isnard e Fred Nascimento). No show o grupo ainda executou sucessos como "Cores de maio" (Kiko Zambianchi) e "Segundo sol" (Nando Reis), entre outros de grupos diversos (Legião Urbana "Eu sei"), (Hojerizah "Pros que estão em casa") e (Finis Africa "Armadilha"). Neste mesmo ano foi lançada a coletânea "Obra completa", que reuniu dois discos do grupo paulista gravados na década de 1980: "Passo no escuro" (1985) e "carne humana", de 1987.

Mais visitados
da semana

1 Lupicínio Rodrigues
2 Garoto
3 Elza Soares
4 Pixinguinha
5 Tom Jobim
6 Assis Valente
7 Nalva Aguiar
8 Caetano Veloso
9 Dorival Caymmi
10 Luiz Gonzaga