Busca:

Zé Roberto


Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Em 1979 Almir Guineto interpretou de sua autoria "Chantagem" (c/ Adilson Bispo), no LP "Jeito de amar" pela gravadora RCA. No ano de 1984 Beth Carvalho gravou "Coração feliz", parceria sua com Marquinhos PQD e Gérson do Vale, faixa que deu título ao disco da cantora. Dois anos depois, em 1986, no disco "Bom ambiente", Dominguinhos do Estácio gravou de sua autoria, "Resumo" (c/ Acyr Marques). Neste mesmo ano, Beth Carvalho interpretou "Falso reinado" (c/ Adilson Bispo) e Almir Guineto gravou "Conselho" (c/ Adilson Bispo). No ano seguinte, em 1987, Almir Guineto interpretou "Mensagem", parceria sua com Adilson Victor. Neste mesmo ano de 1987, Reinaldo, no disco "Aquela imagem", interpretou de sua autoria "Coisa de amante" e "Falso rubi", ambas em parceria com Adilson Bispo. Elza Soares, em 1988 no disco "Voltei", pela RGE, incluiu de sua autoria "Ânsia louca", em parceria com Adilson Bispo. Neste mesmo ano, Agepê interpretou "Ilusão" (c/ Adilson Bispo) e Jovelina Pérola Negra gravou "Falso malandro", parceria com Adilson Bispo, no LP "Sorriso aberto". No ano seguinte, Leci Brandão gravou duas parcerias de ambos; "Jeito apaixonado" e "As coisas que mamãe me ensinou", faixa que deu nome ao disco da cantora. Neste mesmo ano de 1989, Zeca Pagodinho interpretou no LP "Boêmio feliz", uma composição de sua autoria, "Pinta de lord" (c/ Adilson Bispo). Em 1991 Jovelina Pérola Negra interpretou "Confusão na horta" (c/ Adilson Bispo e Simões PQD) no CD "Sangue bom". No ano de 1992 Dominguinhos do Estácio gravou "Sob os olhos de Oxalá" (c/ Adalto Magalha e Pedrinho da Flor), no LP "Mar de esperança", lançado pela gravadora RGE. Em 1997 no CD "Hoje é dia de festa" Zeca Pagodinho incluiu de sua autoria a composição "A sogra". No ano 2000 Zeca Pagodinho no CD "Água da minha sede" interpretou de sua autoria a faixa "Vacilão". Em 2001, interpretando de sua autoria "Cunhado fofoqueiro", participou da coletânea "Quintal do Pagodinho", produzida por Rildo Hora. O CD foi idealizado por Zeca Pagodinho e gravado ao vivo em seu sítio em Xerém. Participaram também outros compositores preferidos do cantor: Luiz Grande, Efson, Dunga, Wilson das Neves, Maurição, Jorge Macarrão, Luizinho Toblow, Leandro Dimenor, Carlos Roberto, Octacílio da Mangueira, Rixxah, Alamir e Bidubi. Em 2002 Zeca Pagodinho incluiu "Meu modo de ser", de sua autoria, em seu novo disco: Deixa a vida me levar. Em 2003 Arlindo Cruz incluiu de sua autoria duas composições no disco "Pagode do Arlindo". No ano de 2005, no CD "À vera", Zeca Pagodinho interpretou de sua autoria "Pai coruja".

Mais visitados
da semana

1 Agnaldo Timóteo
2 Tiee
3 Noel Rosa
4 Claudio Cartier
5 Gonzaguinha
6 Caetano Veloso
7 Barreto e Barroso
8 Tom Jobim
9 Luiz Gonzaga
10 Vinicius de Moraes