Busca:

Zé Geraldo

José Geraldo Juste
9/12/1944 Rodeio, MG

Dados Artísticos

Integrou a banda The Black Cats, cantando músicas em inglês.
No início da década de 1970, gravou três compactos e um LP pela gravadora Rozenblit. Entre 1975 e 1978, participou com sucesso de diversos festivais, sendo premiado e obtendo ingresso na gravadora CBS. Em 1979, gravou seu primeiro disco, "Terceiro mundo", onde se destacaram as músicas "Reciclagem", "Promessas de um idiota às seis da manhã", ambas de sua autoria e "Cidadão", de Lúcio Barbosa. Na década de 1980, gravou outros dois discos pela CBS, "Estradas", de 1980, e "Zé Geraldo", de 1981. Ainda em 1980, participou do festival MPB-Shell promovido pela Rede Globo, interpretando "Rio Doce". No ano seguinte, no mesmo festival, cantou "Milho aos pombos". Em 1987, participou do disco "Bacupari", do grupo Mina das Minas, cantando a música "Um lugar". No ano seguinte, gravou "Poeira e canto", ao vivo, pelo selo Vaqueiros Urbanos. Nos anos 1990, fez gravações pela Eldorado e pela Copacabana. Em 1996, gravou disco acústico pela Paradoxx. Em 1998, participou do CD do mineiro Juraíldes da Cruz, "Um lugar seguro", cantando "Bom tempo". No mesmo ano, gravou também a composição "Assim já ninguém chora mais", no CD produzido pelo Movimento dos Sem-Terra, MST. Suas composições "Semente de tudo" e "São Sebastião do Rodeio" foram incluídas respectivamente nas novelas "Livre para voar" e "Paraíso", ambas da Rede Globo de Televisão. Alguns de seus maiores sucessos foram "Senhorita", "Milho aos pombos", "Negro amor", esta uma versão de Péricles Cavalcanti para "It's All Over Now Baby Blue", de Bob Dylan e "Banquete de hipócritas". Com sua voz rouca, misturando música caipira com folk e rock, tem percorrido o país, apresentando shows em feiras, exposições, teatros e ginásios. Na segunda metade dos anos 1990, passou a apresentar-se regularmente nos Estados Unidos e Canadá, contando com um público formado em sua maioria por brasileiros e latino-americanos em geral. Em junho de 2008, com 30 anos de carreira, lançou seu 16º disco: "Catadô de bromélias", pelo próprio Sol do Meio Dia. No CD, o artista, entrre outras, faz parceria com Zeca Baleiro na faixa "Na barra do seu vestido" e revisita Bob Dylan em "Mr.Tambourine", versão de Leno, (da dupla Leno e Lílian) e apresenta "Diário de bicicleta (O dia em que encontrei Che Guevara na zona em Valadares).

Mais visitados
da semana

1 Mayck e Lyan
2 Gilberto e Gilmar
3 Adelmário Coelho
4 Aldir Blanc
5 Tiee
6 Rick e Renner
7 Música Sertaneja
8 Cacaso
9 Hermeto Pascoal
10 Noel Rosa