Busca:

Yassir Chediak

Yassir Chediak
12/04/1971 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Editor do site www.violacaipira.com.br, referência na pesquisa de folclore e música de raiz,  é colaborador da revista "Viola Caipira", também especializada no universo da música de raiz. Em 2002, participou, como convidado no programa "Jovens tardes", da TVGlobo. Ainda nesse ano, atuou fazendo solos de viola para o seriado "A casa das sete mulheres", também da TV Globo. Seu trabalho como compositor inclui obras  para filmes e peças de teatro, como a criação da trilha sonora para o desenho animado "Chico Bento", de Maurício de Souza, apresentado na TV Globo, em 1999,  a composição da trilha sonora do filme "Negócio fechado", de Rodrigo Costa,  e a participação em vários festivais da canção, em que foi merecedor de prêmios como arranjador e compositor. Em 2003, lançou seu CD de estréia, "Estradas", cuja música título foi incluída na trilha sonora da  série "Carga pesada", da TV Globo. O disco, que traz participação de Osvaldinho do Acordeon na faixa "Malícia de Beleza" composição de Yassir com Jorge Mautner e Nelson Jacobina,  inclui composições próprias, com clara  influência das fontes regionais, sendo destaque  "Moda da Flor" com regência e arranjo do próprio Yassir, e "Romance do violeiro com a mulher serpente", que traz a cantoria de ponteio. Também estão presentes parcerias, com Marcos Paiva, como a canção título do CD.  Destaca-se também no disco a interpretação da clássica  faixa "Chora viola", de Tião Carreiro e o xote "Canção a despedida" parceira sua com Braz Chediak, além da recriação em guarânia de "Ave Maria dos namorados" de Evaldo Gouvêa e Jair Amorim. Recebeu a "Comenda do mérito artístico", também em 2003,  concedida pela Câmara dos Vereadores da cidade de Três Corações em Minas Gerais, durante o Primeiro Encontro de Violeiros ali realizado. Na ocasião apresentou, na praça principal, um show comemorativo pelo  aniversário da cidade. Também nesse ano, participou do show "Encontro de Gerações", a convite das irmãs Galvão, apresentando-se, com elas, no Teatro São Pedro, em São Paulo.
Em março de 2004, o violeiro estreou na Boate Dândi Brasil,  o "Sarau do Chediak", primeiro show,  de um projeto por ele idealizado por ele reunindo nomes da  nova geração de cantores, compositores e instrumentistas do Rio de Janeiro. O evento, segundo Chediak, intenciona mostrar a versatilidade de novos talentos da MPB. No mesmo ano, fez apresentação solo no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, no Rio de Janeiro, dando sequência à série " Viola de Arame no Rio de Janeiro", dentro do  projeto "Vertentes Cariocas", apoiado pela Prefeitura do Rio de Janeiro, que trouxe ao palco daquele Espaço Cultural, músicos como Marcos Ferrer, Leo Rugero, Marcelo Lopes e o Mestre Messias dos Santos. Seguiu participando de diversos programas de TV pelo Brasil. Seu trabalho configura a continuidade da cultura da viola caipira e da música de raiz entre jovens, que, inclusive, estão sediados em grandes metrópoles como o Rio de Janeiro. Sobre ele, o cantor e ator mineiro Jackson Antunes, conhecedor da música de raíz, e que o nomeia como "o violeiro surfista de botina gomeira" escreveu no período de 2004: "Yassir e sua viola, hora sertão, hora cidade, tem o gosto de terra, e concreto original. Mostra o jeca e o moderno na sua complexidade. Sincero e pungente, faz um som universal."  E  o jornal "O Globo" afirmou ter ele "O mérito de transpor a viola caipira do seu universo original e levá-la a caminhos sonoros diferentes", enquanto o "O Pasquim" comentou sobre sua posição de "melodista de movimentos elaborados e inspiradíssimos". Em junho de 2004, passou a comandar o programa "Viola Caipira", apresentado pela rádio comunitária Viva Rio, levado ao ar, ao vivo, aos domingos, de 5 às 8 horas. Em 3 meses no ar, o programa elevou a audiência da rádio naquele horário de um percentual de 0 a 1780 ouvintes por minuto. Ainda em 2004, Yassir participou do filme "Tapete Vermelho", dirigido por Luís Alberto Pereira, cineasta do filme "Hans Staden". O filme narra estória baseada nas tradições do universo da viola caipira. No filme, do qual também participa a dupla Zé Mulato e Cassiano, Yassir interpreta o diabo violeiro,contracenando com o ator Matheus Natchergaele. O filme participou do Festival de Cinema do Rio de Janeiro em 2005. Também em 2005, o site "Viola Caipira", coordenado por ele, teve nova edição, inclusive com uma web rádio, divulgando a música caipira e sertaneja. Nesse mesmo ano, participou de projetos como o realizado pelo Sesc/RJ, apresentando show, além do realizado na UFF - Universidade Federal Fluminense, no qual ministrou curso de viola e violão  a alunos da comunidade local. Em dezembro do mesmo ano, tocou no encontro de violeiros, realizado na sala Baden Powell, em Copacabana, RJ, ao lado de Marcus Ferrer, Léo Rugero, Marcelo Lopes, Andrea Carneiro e Messias dos Santos. Em 2006, participou do filme, de temática regional, "Tapete vermelho", interpretando o personagem Seu Renato. O longa metragem contou com a produção de Luiz Alberto Pereira e roteiro de Rosa Nepomuceno. Em 2007, foi novamente convidado para participar como ator, cantor e violeiro do seriado Carga Pesada, da Rede Globo de Televisão. Também em 2009, participou da novela Paraíso, da Rede Globo de Televisão, interpretando o peão/violeiro Juvenal, que, na trama, fazia uma dupla sertaneja com Tiago, interpretado por Rodrigo Sater. Para a trilha sonora da novela, compôs e gravou a música "Anunciação". Após grande sucesso da dupla ficcional Tiago & Juvenal, gravou e lançou, junto com Rodrigo Sater (que interpretou Tiago), o CD "Os Violeiros da Novela Paraíso", no qual os dois interpretam canções (algumas próprias) genuinamente caipiras. As que obtiveram mais destaque foram "Amanheceu, Peguei a Viola", de Renato Teixeira; "Vide, Vida Marvada", de Rolando Boldrin; e a regravação "O trem das 7", de Raul Seixas, em homenagem aos 20º aniversário da morte do mesmo. Além disso, o disco contou com participações especiais de Almir Sater e Sérgio Reis, em "Estrela de Boiadeiro", e Paula Fernandes, em "Te Amo em Sonhos". A partir de agosto de 2010, passou a comandar o programa "Brasil Regional", da rádio Roquete Pinto, do Rio de Janeiro. O programa foi considerado pioneiro, já que apresentou uma temática totalmente regional, evento escasso no Rio de Janeiro. Ainda no mesmo ano, apresentou-se, junto com Rodrigo Sater, para uma plateia de mais de 20 mil pessoas, no Festival de sanfona e viola de Piacatuba (MG).

Mais visitados
da semana

1 Jorge Portugal
2 José Camillo
3 Caetano Veloso
4 Festival MPB 80 (Rede Globo)
5 Moreno Veloso
6 Rodrigo Vellozo
7 Mayck e Lyan
8 Sivuca
9 Renato Barros
10 Tiee