Busca:

Xande de Pilares

Alexandre Silva de Assis
25/12/1969 Rio de Janeiro, RJ

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Integrou os grupos Riacho e Tela Quente. Fundou o grupo Revelação, atuando como cantor e cavaquinista a partir de sua formação no ano de 1992.  Em 2002 conquistou a marca de mais de 800 mil cópias vendidas do DVD “Revelação ao vivo - No Olimpo”, sendo o segundo disco vendido do ano e o primeiro na categoria “samba/pagode”. O show de lançamento desse disco foi apresentado no Canecão, no Rio de Janeiro. A partir de 2004 manteve uma roda de samba semanal com o grupo Revelação na casa de shows Olimpo, no Rio de Janeiro, reunindo cerca de quatro mil pessoas por final de semana. Em 2006 lançou, com o grupo Revelação, o CD “Velocidade da luz”, que alcançou mais de 800 mil cópias vendidas. Em 2007 participou, como convidado, do show de gravação do DVD Ao Vivo do cantor Diogo Nogueira, interpretando a música “Cai no samba” (Ciraninho). Nesse mesmo ano participou, com o grupo Revelação, do CD/DVD “Cidade do Samba”, produzido e lançado pelo selo ZecaPagodiscos, no qual dividiu com Sombrinha os vocais de “Fogo de saudade” (Adilson Victor e Sombrinha). Foi convidado por Zeca Pagodinho para participar da gravação do DVD “O Quintal do Pagodinho” (2012), no qual interpretou a música “Brincadeira tem hora” (Beto Sem Braço e Zeca Pagodinho). A música “Aprendiz”, de sua autoria com Gilson Bernini, foi faixa-título do CD do cantor Jorginho China, lançado em 2012. Em 2013 participou do show em comemoração aos seis anos do programa “Samba Social Clube”, da rádio MPB FM, realizado na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro. O show contou com a regência do maestro Paulão Sete Cordas e com a participação de artistas como Monarco, Almir Guineto, Arlindo Cruz, Diogo Nogueira, entre outros. Gravou a música “Aceita”, uma parceria com sua namorada portuguesa e cantora de fado, Raquel Tavares, que participou da gravação. Teve composições gravadas por artistas como Beth Carvalho, Leci Brandão, Arlindo Cruz, Revelação, Rogerinho Ratatúia, Diogo Nogueira, Leandro Sapucahy, Joyce Candido, entre outros. O samba enredo “Gaia, a vida em nossas mãos”, de sua autoria com Dudu Botelho, Miudinho, Betinho de Pilares, Rodrigo Raposo e Jassa, foi o escolhido pela escola de samba Salgueiro para o carnaval de 2014. A música “Tá escrito”, de sua autoria com Gilson Bernini e Carlinhos Madureira, lançada pelo grupo Revelação no álbum “Ao vivo no morro” (Deck, 2009), foi escolhida pelos jogadores da Seleção Brasileira como a música da Copa do Mundo de 2014, que os incentivou na busca do hexacampeonato, que afinal não ocorreu. Participou do show “Um barzinho, um violão – Anos 80”, realizado no Salão Segóvia do Windsor Barra Hotel, no Rio de Janeiro, com vários artistas interpretando temas de novelas dos anos de 1980, para a gravação de CD e DVD homônimos, no qual gravou as músicas “Malandro sou eu” (Arlindo Cruz, Franco e Sombrinha) e “Deixa eu te amar” (Mauro Silva, Camillo e Agepê).  Em 2014 participou das apresentações gravadas ao vivo no Theatro Municipal do Rio de Janeiro para o CD e DVD do “XXV Prêmio da Música Brasileira”, homenageando o Samba. Nesse mesmo ano participou da turnê especial da 25ª edição do “Prêmio da Música Brasileira”, em homenagem ao gênero samba. O registro do show, realizado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, foi lançado em CD e DVD pelo selo Universal Music. Participou do longa-metragem “Made in China”, de Estevao Ciavatta Pantoja, com Regina Casé, Otávio Augusto e Juliana Alves no elenco. Ainda em 2015 lançou, pelo selo Universal Music, o CD “Perseverança”, produzido por Leandro Sapucahy, com músicas inéditas autorais ou não como “Clareou” (Serginho Meriti e Rodrigo Leite), “Orgulho negro” (c/ Arlindo Cruz e Pretinho da Serrinha), “Elas estão no controle” (André Renato, Rhuan André e Lucas Oliveira), “Fui pra balada” (c/ André Renato e Gilson Bernini), “Se eu fosse você” (Arlindo Cruz, Acyr Marques e Aluísio Machado), “Sintoma do amor” (c/ Leandro Fab, Pretinho da Serrinha e Fred Camacho), Pagode formado” (c/ Gilson Bernini e André Renato), a música título “Perseverança” (Zé Roberto), “A senha” (c/ André Renato e Gilson Bernini), música tema do filme “Made in China”, entre outras. Nesse mesmo ano deixou o grupo Revelação para seguir carreira solo. Em 2017 lançou o CD “Esse menino sou eu”, produzido por Prateado, com participação de Jorge Aragão em “A lã e o cobertor” (Jorge Aragão e Xande de Pilares), André Renato em “Eu sou de Jorge” (André Renato e Leandro Fab) e de sua mãe Laura Helena em “Mãe” (Xande de Pilare, Gilson Bernini e Helinho do Salgueiro).

Mais visitados
da semana

1 Dorival Caymmi
2 Elza Soares
3 Luiz Gonzaga
4 Assis Valente
5 Jane e Herondy
6 Caetano Veloso
7 Nelson Gonçalves
8 Noel Rosa
9 Nelson Cavaquinho
10 Tom Jobim