Busca:

Vitório Lattari

Vitório Lattari
Circa 1910

Dados Artísticos

Iniciou a carreira artística em 1932, quando gravou em dueto com o cantor Luiz Barbosa, com acompanhamento da Orquestra Copacabana, os sambas "Silêncio", de Vadico, e "Não gostei dos seus modos", de Getúlio Marinho. Em seguida, também com o acompanhamento da Orquestra Copacabana, gravou os sambas "És mulher e nada mais", de sua autoria, e "Batucada Presa", de João Bastos Filho. No mesmo ano, fez dois fox-trotes em parceria com a pianista Carolina Cardoso de Menezes: "Salada Chinesa" e "Amor Delicioso Amor", gravados por ele em dueto com Francisco Alves pela Odeon. No final desse ano, realizou uma última gravação na Odeon registrando com vistas ao carnaval do ano seguinte a marcha "Terapêutica", de Eduardo Souto e José Evangelista, também com o acompanhamento da Orquestra Copacabana.
Na década de 1940, foi diretor da gravadora RCA Victor. Em 1942, foi responsável pela gravação do fox "Renúncia", de Roberto Martins e Mário Rossi, por Nelson Gonçalves, que se tornaria um dos maiores sucessos da carreira do cantor.
Passou também a atuar como empresário e abandonou a carreira de cantor e compositor. A fábrica de discos Copacabana não só lançou grandes sucessos nos anos 1950 como apostou em novos talentos, que se converteriam em estrelas.
Em 1956, o fox-trote "Salada Chinesa", com Carolina Cardoso de Menezes, foi registrado por  Joel de Almeida, em disco Odeon, em gravação que foi relançada no ano seguinte no LP "Joel e sua bossa", da Odeon.

Mais visitados
da semana

1 Hermeto Pascoal
2 Caetano Veloso
3 Dorival Caymmi
4 Tom Jobim
5 Irmãs Galvão
6 Nelson Cavaquinho
7 Festivais de Música Popular
8 Luiz Gonzaga
9 Chitãozinho e Xororó
10 Beth Carvalho