Busca:

Viola Quebrada



Dados Artísticos

Grupo curitibano de música regional formado por Oswaldo Rios (voz e violão), Margareth Makiolke (voz e violão), Rogério Gulin (viola caipira), Maurílio Ribeiro (violão e contrabaixo) e Rubens Pires (acordeom). O nome do grupo foi inspirado em poema de Mário e Andrade. Em 1998, gravou seu primeiro CD, "Viola quebrada", contendo a canção título, de Mário de Andrade, "Flor do cafezal", de Luiz Carlos Paraná, "Meu céu", de Xavantinho e Zé Mulato e "Caçador", de Tião Carreiro e Carreirinho, entre outras. O disco contou com a participação especial de Pena Branca e Xavantinho, do violeiro Roberto Corrêa e do grupo curitibano Terra Sonora. No ano seguinte, apresentou-se no Teatro da Reitoria, em Curitiba. Em 2003, o grupo lançou pelo selo Kuarup o CD "Sertaneja", que contou com as participações especiais de Roberto Corrêa, Badias Mediros e Paulo Freire. Estão presentes no disco, entre outras, a música título gravada por Orlando Silva em 1939, "Boneca cobiçada", de Palmeira e Biá", "Chitãozinho e Xororó", de Serrinha e Athos Campos, "Cabocla Tereza", de João Pacífico e Raul Torres, e "Cabelo loiro", de Tião Carreiro e Zé Bonito. O disco teve participação especial de Zeca Baleiro, no fandango "Balão que cai", de Paranaguá. Em 2011, lançaram um DVD em homenagem à dupla Cascatinha e Inhana. O disco teve participação especial das Irmãs Galvão, que cantaram nas releituras de "Colcha de Retalhos" e "Chuá, Chuá", e contaram alguns casos sobre Cascatinha e Inhana. Em 2013, receberam o Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira, promovido pelo Instituto Brasileiro de Viola Caipira, na categoria melhor grupo. Em 2017, lançaram o disco “Meus retalhos”, pela gravadora Kuarup Music, e foram indicados, no mesmo ano, ao Prêmio da Música Brasileira, na categoria “Melhor grupo regional”.

Mais visitados
da semana

1 Isolda
2 Noel Rosa
3 Luiz Gonzaga
4 Eumir Deodato
5 Dorival Caymmi
6 Geraldo Pereira
7 Lupicínio Rodrigues
8 Pixinguinha
9 Chico Buarque
10 Roberto Carlos