Busca:

Valter Amaral



Dados Artísticos

Compôs samba, maxixe, bolero, baião e outros gêneros. Entre seus intérpretes estão Vieira e Vieirinha, Nhá Barbina, Luisinho, Limeira e Zezinha e Duo Guaíba, entre outros. Um de seus principais parceiros foi Ado Benatti, com quem compôs entre outras, o samba "Não sou playboy", a guarânia "Pequenina pena" e a rancheira "Tarde demais". Em 1959, a dupla Vieira e Vieirinha gravou na Caboclo o corrido "Malvado trem", com Ado Benatti e Luisinho, Limeira e Zezinha gravaram na Odeon a valsa "Bandinha da saudade", com Ado Benatti. Em 1960, Nhá Barbina gravou na Odeon o baião "O galo cantou" e a marcha "Arquimedes, deixa disso", ambas em parceria com Ado Benatti. No mesmo ano, o Duo Guanabara gravou na RGE "Jardim dos amores", com Ado Benatti. Em 1961, Zé do Mato gravou na Orion "Desafio" parceria dos dois, José Dias gravou na Chantecler o bolero "Abraça-me", parceria dos dois e Jeca Mineiro e Nininha gravaram na Caboclo a guarânia "Matando a saudade". Em 1962, Tonico do Joazeiro gravou na Continental "Malandro sem vez", com Ado Benatti. Em 1963, Iaraí e Jaci gravaram na Sabiá o maxixe "Jardim dos amores", com Ado Benatti.

Mais visitados
da semana

1 Jorge Portugal
2 Renato Barros
3 Mayck e Lyan
4 Festival MPB 80 (Rede Globo)
5 Leo Canhoto e Robertinho
6 Noel Rosa
7 Tiee
8 Sivuca
9 Elizeth Cardoso
10 Renato e Seus Blue Caps