Busca:

Túlio Piva

Túlio Piva
1915 Santiago, RS
1993 Porto Alegre, RS

Dados Artísticos

Destacou-se por seu estilo único de dedilhar o violão, sendo um dos pioneiros em desenvolver um samba com sotaque gaúcho misturando suas influências fronteiriças com o tango e o samba carioca. Em 1940, fez sua primeira composição, o samba "Tem que ter mulata", que foi gravada em 1955 pelo conjunto Norberto Baldauf. Em 1942, "Tem que ter mulata", que foi rejeitada num dos inúmeros concursos da Rádio Nacional, acabaria por se tornar um de seus maiores sucessos. Em 1956, o Conjunto Farroupilha gravou de o samba "Tem que ser mulata", um de seus maiores êxitos que teve inclusive gravações na Rússia, Estados Unidos e Venezuela. Em 1961, teve dois sambas gravados por Caco Velho e Seu Conjunto na gravadora Copacabana: "Tem que ter mulata" e "A voz do sangue". Em 1963, seu samba "Três amigos", foi gravado por Breno Sauer no LP "Sambabessa - Breno Sauer Quinteto" da gravadora RGE. Em 1968, foi vencedor do 2º Festival Sul-Brasileiro da Canção Popular, com o samba "Pandeiro de prata", que se tornou um sucesso nacional. No mesmo ano, "Pandeiro de prata" foi classificado para as finais do I Festival Nacional de Música Popular Brasileira realizado no Rio de Janeiro. Em 1973, vendeu a drogaria para se dedicar inteiramente à música. De 1975 a 1983, foi proprietário da casa noturna Gente da Noite, onde se apresentava diariamente. Em 1975, lançou pela gravadora Continental o LP "Túlio Piva" com doze composições de sua autoria: "Tem que ter mulata", "Endereço do samba", "Sonho de sambista", "Pandeiro de prata", "Velhos amores", "Foi de madrugada", "Janela dos olhos", "Quando chega a solidão", "Se eu errei", "Bonito é o samba", "Um poeta no céu", e "Gente da noite". Dois anos depois, lançou pela Alvorada/Chantecler o LP "Gente da noite", gravado juntamente com a cantora Eneida Martins. Nesse disco foram interpretados os sambas "Gente da noite", "Destinação", "Passarela do céu", "Olhos da cor da noite", "Homenagem ao cantor", "Todo mundo diz", "Encontro marcado", "Algemas", "As coisas são como são", "Nuvem transparente", "Morro e asfalto", e "Mais quente que o sol", todas de sua autoria.

Apesar de ser considerado o segundo sambista gaúcho mais conhecido, depois de Lupicínio Rodrigues, gravou apenas quatro discos. Compôs cerca de 500 músicas, que foram gravadas entre outros por Elis Regina, Conjunto Farroupilha, Demônios da Garoa, Noite Ilustrada, Francisco Petrônio, Luiz Vieira e Elza Soares. Em 1984, recebeu da Câmara dos Vereadores de Porto Alegre, o título de Cidadão Emérito. Em 1991, fez sua última apresentação no show "Túlio Piva 75 anos", no Teatro Renascença, homenagem do Bando Barato pra Cachorro, em que cantou ao lado dos netos Rogério e Rodrigo. Em 1993, foi homenageado pelas escolas de samba Acadêmicos da Orgia, de sua cidade natal, e pela Academia de Samba Praiana, de Porto Alegre, que apresentou o enredo "Lua e sol - Cenário inspirador para um poeta". Deixou cerca de 200 composições inéditas. Em 2005, foi homenageado, nos 90 anos de seu nascimento, pelos netos Rodrigo Piva e Rogério Piva com o projeto "Túlio Piva - Pra ser samba brasileiro" que resultou num CD duplo que reuniu os quatro LPs lançados pelo compositor, além de um livro com poemas e aforismos. O lançamento do CD-book "Túlio Piva - Pra ser samba braliseiro" aconteceu no Teatro Renascença, em Porto Alegre com um show que contou com as preesenças do conjunto musical formado por Rogério Piva, no bandolim, Chico Camargo, no cavaquinho, Luiz Sebastião, no violão de sete cordas, e Giovani Berti e Eduardo Costa na percussão, além dos cantores Ana Maria Bolzoni, Guilherme Braga e Eneida Martins, a intérprete favorita do compositor. Na ocasião foram interpretadas, entre outras músicas os sucessos "Gente da noite", "Pandeiro de prata" e "Tem que ter mulata". Segundo o jornalista gaúcho Osvil Lopes, "Túlio está para a cultura popular do Rio Grande do Sul assim como Adoniran Barbosa está para São Paulo. A diferença é que os paulistas são menos rígidos em mostrar afetividade e reconhecimento a seus valores."

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Eumir Deodato
3 Assis Valente
4 Chico Buarque
5 Noel Rosa
6 Dorival Caymmi
7 Tom Jobim
8 Lupicínio Rodrigues
9 Caetano Veloso
10 Romildo