Busca:

Trio Surdina



Dados Artísticos

Trio instrumental composto por Anibal Augusto Sardinha - o Garoto (violão) - 28/6/1915 - São Paulo, SP - 3/5/1955 - Rio de Janeiro, RJ

Romeu Seibel - o Chiquinho (acordeão) - 7/11/1928 - Santa Cruz do Sul, RS - 13/2/1993 - Rio de Janeiro, RJ

Rafael Lemos Junior - o Fafá Lemos - Violino - 19/2/1921 - Rio de Janeiro, RJ

O trio surgiu em 1952, no programa "Música em Surdina", apresentado por Paulo Tapajós, contando com Fafá Lemos no violino, Garoto, ao violão e Chiquinho, no acordeom. Em 1953, gravou o disco "Trio Surdina toca Ary Barroso", com "Rio de Janeiro", "Inquietação", "Na Baixa do sapateiro" e "Risque". No mesmo ano, lançou o LP "Trio Surdina", com "Duas contas", de Garoto, "Felicidade", de Garoto e Haroldo Barbosa, "Ningiuém me ama", de Fernando Lobo e Antônio Maria e "Nós três", de autoria do trio.

Em 1955, lançou na Musidisc seis discos em 78 rpm incluindo as músicas "Nem eu"; "O que é que a baiana tem" e "O mar", de Dorival Caymmi; "Fita amarela"; "Três apitos" e "Com que roupa", de Noel Rosa e "Rio de Janeiro", "Inquietação" e "No tabuleiro da baiana", de Ary Barroso. As músicas de Noel Rosa, Ary Barroso e Dorival Caymmi gravadas em 78 rpm foram recolhidas no LP "Trio Surdina interpreta Dorival Caymmi, Ary Barroso e Noel Rosa". Em 1956, o Trio gravou "Meu limão meu limoeiro", de motivo popular; "Favela", de Hekel Tavares e Joraci Camargo; "Terra seca", de Ary Barroso e "Babalu", de Lecuona. No mesmo ano, gravou "Felicidade", de Garoto e Haroldo Barbosa; "Joãozinho boa pinta", de Haroldo Barbosa e Geraldo Jacques; "João Valentão", de Dorival Caymmi e "O relógio da vovó", de autoria do trio. No seguinte, gravou o samba "Molambo", de Jaime Florence e Augusto Mesquita e o beguine "Maria-la-ô", de Lecuona. Também no mesmo ano foi lançado o LP "Ouvindo trio Surdina voluma 3", que trazia algumas músicas já gravadas anteriormente e outras gravadas para o LP como "Porque brilham teus olhos", de Fernando César.

O Trio teve carreira curta porém de grande produtividade e foi considerado como precursor do sambalanço e da bossa nova. O fim do trio foi precipitado pela morte prematura do violonista Garoto, embora muitas gravações somente fossem lançadas após o seu falecimento, mais uma prova da vitalidade e grande capacidade de trabalho do trio. Em 2003, foi homenageado com uma recriação do trio que contou com Henrique Cazes no violão, Marcos Nimrichter no acordeom e Nicolas Krassic no violino, que se apresentou com a cantora Claudette Soares em show no Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro.

Mais visitados
da semana

1 Flávia Muniz
2 Hermeto Pascoal
3 Noel Rosa
4 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
5 Festivais de Música Popular
6 Caetano Veloso
7 Jota Raposo
8 Gonzaguinha
9 Tom Jobim
10 Lundu