Busca:

Trio Melodia II



Dados Artísticos

Trio formado por acaso, na primeira metade da década de 1960. O cantor Fredson já havia sido aconselhado por conhecidos a ir cantar no Programa do Chacrinha como calouro pois tinha boa voz, e, um dia, estava na sapataria do pai quando viu entrar na loja seu amigo e chofer de caminhão Nilton, que estava acompanhando por Noel, também cantor e integrante do conjunto Cantores de Ébano. Os três começaram a conversar e logo estavam cantando, atraindo as atenções de todos os presentes na loja. Encontraram-se ainda algumas vezes decididos a seguir carreira como trio. Mas faltava o nome. Este surgiu também por acaso. Estavam os três, mais uma vez, conversando na sapataria do pai de Fredson, quando Noel viu uma caixa de sapatos com a marca melodia e deu um salto, dizendo ser esse o nome para o trio. Foi feita uma enquete com os fregueses da sapataria e todos aprovavam, menos uma quase adolescente que, mascando seu chiclete, sugeriu o nome de The Three Melodies, por conta da forte influência da música americana no Brasil com a explosão do rock. Em 1963, fizeram a primeira apresentação pública cantando num show em homenagem aos trabalhadores na Central do Brasil. Em seguida, fizeram um teste na gravadora Caravelle gravando "Brincar de namorar" que, entretanto, não chegou a ser lançada. Em seguida, lançaram, pela própria Caravelle, um compacto simples com as músicas "Você Vai", de Welton Sant'Ana e Ernesto Escudero, e "Maldade", de Welton Sant'Ana. Logo depois, foram contratados pela gravadora Continental para gravar um compacto simples com as composições "Emoção", de Apolonio Sandro, e "Pode Acontecer Amanhã (Può Accadere Domani)", de Mansueto De Ponti e Nisa, versão de Romeo Nunes. Em 1965, foram convidados pela gravadora CBS, então em alta no Brasil com o fenômeno da Jovem Guarda, para gravar um LP com músicas de sucesso de diferentes países. Foi lançado então o LP "Trio Melodia" com a interpretação das músicas "Canção de Verão (A Summer Song)", de  Clive Metcalfe, Ken Noble e Chad Stuart, versão de Rossini Pinto, "Banua", uma versão de Rossini Pinto e Carlos Aimoré, "Vale do Rio Vermelho (Red River Valley)", tema tradicional norte americano que ganhou versão de Rossini Pinto e Luis Ribeiro, tornando-se, inclusive, um dos sucessos do trio, "Marilu (Ellie You - You Left Me There In Chaleston", de Carl Sigman, Günter Loose e Lotar Olias, versão de Luis Ribeiro, "Magia (Devil Woman)", de M. Robins, versão de Adriano Lara, "Nas Montanhas (Wolverton Mountain)", de Merle Kilgore e Claude King, versão de Carlos Aimoré, "Se o Seu Amor Fosse Pra Mim (For Lovin' Me)", de G. Lightfort, versão de Neusa de Souza, outro grande sucesso deles, "Escuta a Voz do Vento (Blowin' In The Wind)", clássico internacional de Bob Dylan, versão de Nazareno de Brito, "Confissão de Amor", adaptação de Rossini Pinto e Carlos Becker, "Sem Ninguém (Nobody Knows)", versão de Carlos Becker e Carlos Aimoré, "É Bom Correr", adaptação de Rossini Pinto e Roberto Nunes, e "Saudades (Emotions)", de Mel Tillis, Pam Tillis e Ramsey Kearney, versão de Celso Teixeira. No mesmo ano, foram incluídos por duas vezes consecutivas na prestigiada coletânea na época "As 14 Mais", da CBS. No LP "AS 14 MAIS - VOL. XVI", foi incluída a gravação de "Se o Seu Amor Fosse Pra Mim (For Lovin' Me)", de G. Lightfort, em versão de Neusa de Souza, e, no LP "AS 14 MAIS - VOL. XVII", foi incluído o registro de "Vale do Rio Vermelho (Red River Valley)", tradicional tema norte americano, em versão de Rossini Pinto e Luis Ribeiro. O sucesso obtido com o primeiro LP incentivou a CBS ao lançamento de um segundo, Em 1966, foi gravado o LP "Aproveita a Vida!", com as músicas "E Toda a Tristeza Vai Se Acabar (What do You Want With Me)", de C. Stuart e J. Clyde, versão de Fredson, "Tenho Que Lhe Deixar (A Must To Avoid)", de Philip ''Flip'' Sloan e Steve Barri, versão de Leno, também responsáveç pelas versões de "Triste Amanhecer (Early Morning Rain)", de Gordon Lightfoot, "O Agente Secreto (Secret Agent Man)", de Philip ''Flip'' Sloan e Steve Barri, "Depois Que A Beijei (Then I Kissed Her)", de Jeff Barry, Ellie Greenwich e Phil Spector, "A Cobra Má (The Snake)", de (O. Brown Jr., e "Beijos Sem Fim (Was It Really Real)", de Tom King e Chet Kelle, "Canção do Retorno",tema tradicional adaptado por Leno e J. V. Rosa Júnior, "Aproveite a Vida", também um tema tradicional, adaptado por Leno e  Noel, "Todo Amor Eu Lhe Darei", de Fredson e Welton Sant'Ana, "Porque Você Não Me Quer Bem", de Welton Sant'Ana, e "Quero Ver Você Viver Sem Mim (Show Me Girl)", de Carole King e Gerry Goffin, versão de Rossini Pinto. Duas dessas composições, "Todo Amor Eu Lhe Darei", de Fredson e Welton Sant'Ana, e "O Agente Secreto (Secret Agent Man)", de Philip ''Flip'' Sloan e Steve Barri, em versão de Leno, tornaram-se sucesso sendo ainda lançadas em compacto simples em 1967. Também em 1967, a balada "Todo Amor Eu Lhe Darei", de autoria de dois integrantes do trio, Fredson e Welton Sant'Ana, fez parte do LP "AS 14 MAIS - VOL. XIX" consagrada coletânea da CBS. Em 1969, com o movimento Jovem Guarda em declínio, foram para a gravadora Caravelle e lançaram um compacto simples com as músicas "O Quanto Eu Te Quero (Lo Mucho Que Te Quiero)", de S. Ibarra, R. Ornelas e R. Herrera, versão de Rossini Pinto, e "Sem Você Não Vivo", de Armando Baltar e Nilton Baltar. Após esse compacto, muito em função do declínio da Jovem Guarda com a chegada de novos parâmetros para a música popular brasileira, o trio se desfez. Fredson seguiu carreira solo como cantor e compositor de música brega.

Mais visitados
da semana

1 Lupicínio Rodrigues
2 Hermeto Pascoal
3 Joaquim Calado
4 Caetano Veloso
5 Festivais de Música Popular
6 Tom Jobim
7 Noel Rosa
8 Pixinguinha
9 Dorival Caymmi
10 Música Sertaneja