Busca:

Trio Alvorada



Dados Artísticos

<!--[if gte mso 9]><xml> Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE </xml><![endif]--><!--[if gte mso 9]><xml> </xml><![endif]--><!--[if gte mso 10]> <style> /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-qformat:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:10.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-fareast-font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-theme-font:minor-fareast; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-bidi-theme-font:minor-bidi;} </style> Trio de forró formado em 2004, em Parati (RJ), pelo cantor, compositor e percussionista Eder Fernandes (Triângulo e voz); Alecsandro, o Guga (zabumba e voz); e Reinaldo, o Chuvisco (acordeom e voz), que já acompanhara músicos como Wesley dos Teclados, aparecendo em programas de TV em rede nacional, como Faustão, Gilberto Barros e Gugu. Em 2007, competindo com trios de todo o Brasil, conquistou o 3º lugar na 7ª Edição do Festival Nacional de Forró de Itaúnas (ES), com a música “Tonelada de Forró”, composta por Eder Fernandes. Em 2009, lançou seu primeiro CD, "Forró até a Alvorada", apresentando músicas próprias e algumas releituras. Em 2011, lançou o disco "Pode Balançar". Em 2013, lançou o seu 3º disco de carreira, “3”, e obteve êxito com as canções “Casa de Bebé” de Chuvisco, “Forró Badalação”, de Kim de Oly,  e” Não me Nota”, de Demétrios de Araújo. No ano seguinte, comemorando 10 anos de trajetória, lançou seu 4º disco de carreira, "Trio Alvorada 10 Anos", pela gravadora Forró em Vinil, apresentando no repertório baiões e xotes inéditos, em um repertório tradicional com linguagem contemporânea, sendo as faixas: “Futebol dos Artistas”, de Léo Braga e Maurício Paraxaxar, “A Certeza”, “Feito Criança”, de Eder Fernandes e Demétrios de Araújo, “ Fofoqueiros de Plantão”, de Elton Moraes, “Me Acabo de Vontade”, de Dudu Martins, “Forró de Respeito”, de Parafuso e Elias Soares, “Você é o Remédio”, de Luiz Massa, “Nosso Lar”, de Luiz Massa, “Fole Apaixonado”, de Rafael Beibi, “Teu Lugar”, de Black do Acordeon, “Coração Desmantelado”, de Demétrios de Araújo, “O Coro Come”, de Guga Braúna, Eder Fernandes e Demétrios de Araújo, “É Complicado”, de Eder Fernandes, e “De Última Hora”, de Chuvisco e Jorge Donadeli. Em 2016, lançou seu 5º disco de carreira, “Raíz Sudestina”, com repertório voltado para o forró tradicional, apresentando as músicas “Coração Metido a Besta”, “Cavalo Amarrado”, “Cansado de Esperar”, “Briguinha A Toa”, e “Forró de Bicho Bom”, todas de Vavá Rodrigues, “Amor Pegando Fogo”, de Thiago do Santos, “Duelo de DJs” e “Meu Baião”, de Léo Braga, “Vaidoso e Caprichoso” e “Doidão”, de Gavião, “Canto Arrependido”, de Guga Braúna e Eder Fernandes, e “Raiz Sudestina”, de Chuvisco. Durante a carreira, realizou várias turnês por diversos países, como França, Inglaterra, Russia, Portugal, Alemanha, Suiça e Itália, além de apresentações em ocasiões como o aniversário da cidade de São Paulo e festa de ano novo em Paraty (RJ), e participou das coletâneas de diversas edições do Festival Rootstock, do Festival de Forró de Ilha Bela e do Festival de Itaúnas.

Mais visitados
da semana

1 Vinicius de Moraes
2 Tiee
3 Durval e Davi
4 Mayck e Lyan
5 As Marcianas
6 Festivais de Música Popular
7 Creone e Barrerito
8 Noel Rosa
9 Teresa Cristina
10 Gilberto Monteiro