Busca:

Tom Maior



Dados Artísticos

Escola fundada em fevereiro de 1973, depois de uma dissidência da Escola Camisa Verde e Branco, madrinha da escola. O nome da escola foi inspirado no samba "Tom Maior", de Martinho da Vila. Tem como como cores oficiais: vermelho, amarelo e branco. No ano seguinte da fundação fez o primeiro desfile. Através dos anos desfilou com vários enredos, entre os quais "Chão de Estrelas"," A Feira", "Pirulito que bate-bate na cabeça de um sonhador", "Cordões e Gafieiras", "Trânsito: Sinal de Alerta, A vida por um fio" e "O céu é o limite". No ano 2000, após vários anos ensaiando pelas ruas do bairro Pinheiros, a escola conseguiu adquirir uma quadra própria na Rua Eugênio de Medeiros, em Pinheiros. Em 2007, sob a batuta do carnavalesco Marco Aurélio Ruffinn e tendo como primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira Waguinho e Lídia, desfilou com o samba-enredo "Com licença, eu vou à luta!", dos compositores Maradona, Didi, Turko e Diego Poesia, tendo como puxador Rene Sobral e ainda Adriana Bombom como rainha de bateria.



BIBLIOGRAFIA CRÍTICA:



ALBIN, Ricardo Cravo. Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira - Criação e Supervisão Geral Ricardo Cravo Albin. Edição: Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu, 2006, RJ.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Parada Dura
3 Tiee
4 Caetano Veloso
5 Noel Rosa
6 Samara
7 Gilberto e Gilmar
8 O Trio do Brasil
9 Bruno e Marrone
10 Zé Paulo