Busca:

Tio Jair da Mangueira

Jair Campos da Silva
1920 Bicas, MG
13/3/2001

Dados Artísticos

Foi Primeiro Secretário da Escola de Samba Mangueira, atuando por 12 anos nesta função.

Em 1972, foi eleito Diretor de Patrimônio, cargo no qual atuou até o ano de 2001. Seus versos foram várias vezes elogiados por Carlos Drummond de Andrade: "Não ando de roupa colorida porque meu coração é verde e rosa"; "Dois presentes que muito ganho e que me agradam: bebida, porque gosto de escrever, e caneta, porque gosto de escrever". Em 2002, juntamente com outros poetas da comunidade mangueirense: José Gomes (87 anos) e José Barboza (72 anos) e Marcus Vinícius Custódio (21 anos) fez parte da coletânea poética "O que vem do morro", livro patrocinado pela Xerox do Brasil através do "Projeto Casa de Artes da Mangueira"

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Festivais de Música Popular
3 Hermeto Pascoal
4 Dorival Caymmi
5 Caetano Veloso
6 Música Sertaneja
7 Chico Buarque
8 Música Junina
9 Noel Rosa
10 Dona Ivone Lara