Busca:

Tião Neto

Sebastião Costa Carvalho Neto
11/1931 Rio de Janeiro, RJ
13/6/2001 Niterói, RJ

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira artística na década de 1950, em sessões de jazz no Clube Central de Niterói (RJ), onde também se apresentava o pianista Sergio Mendes. Após participar de um festival de jazz no Uruguai, fez longas temporadas no Beco das Garrafas (RJ) durante três anos, acompanhando todas as estrelas que aí se apresentavam. Foi cliente fundador do Petit Paris, em Niterói.

Em 1963, viajou para os Estados Unidos como um dos integrantes do grupo Bossa Três, com o qual gravou três LPs e apresentou-se, em Nova York, no "Ed Sullivan Show", programa de maior audiência da TV americana, na época. Ainda em Nova York, tomou parte na gravação do disco que viria a se tornar o carro-chefe da bossa nova no exterior, "Getz-Gilberto", ao lado de João Gilberto, Stan Getz, Astrud Gilberto e Tom Jobim, com uma vendagem de quatro milhões de discos em lançamento mundial.

Voltou ao Brasil em 1964, passando a integrar, com Sergio Mendes (piano) e Edison Machado (bateria), o Sergio Mendes Trio, com o qual se apresentou em espetáculos na América do Sul e do Norte, e no Japão. Com o trio, gravou o LP "The swinger from Rio".

A partir de 1965, fixou residência em Los Angeles (EUA). Atuou em shows e gravações com grandes músicos americanos e com Sergio Mendes na série Brasil 65, 66, 77 e 88.

Em 1984, voltou para o Brasil, montou um estúdio para gravação de jingles para campanhas comerciais. Continuou viajando eventualmente ao exterior para apresentações com Sergio Mendes. A partir desse ano, passou a integrar a Banda Nova, de Tom Jobim, atuando em gravações e shows no Brasil e no exterior.

Em 1986, paralelamente ao trabalho com a Banda Nova, criou o TNT (Tião Neto Trio) e a Banda São Jorge (de curta duração), apresentando-se em teatros e clubes de jazz por todo o Brasil.

Acompanhou a cantora Nana Caymmi durante três anos.

Em 1998, foi contratado pela Sabin (Sociedade dos Amigos da Biblioteca Nacional), nas funções de curador, orientador e responsável pelo acervo discográfico da Biblioteca Nacional (RJ), selecionando e catalogando toda a história da música brasileira gravada desde 1907. Ainda em 1998, reativou o Bossa Três, apresentando-se em shows em várias cidades brasileiras.

Realizou palestras sobre jazz em espaços culturais como o Teatro Municipal de Niterói, Sala Carlos Couto, Museu do Ingá, Centro Cultural Banco do Brasil e Universidade Gama Filho, entre outros.

Ao longo de sua carreira, foi agraciado com o Prêmio Folha de S. Paulo (1961), a inclusão na lista dos 20 melhores baixistas do mundo indicados pela revista "Playboy" (1968), o Troféu Vitor Assis Brasil (1988), o Troféu Projeto Brahma Extra (1989) e o Troféu 1º Prêmio Cantareira das Artes (1997).

Faleceu no dia 13 de janeiro de 2001.

Mais visitados
da semana

1 Paulinho da Viola
2 Dorival Caymmi
3 Festivais de Música Popular
4 Caetano Veloso
5 Beatriz Rabello
6 Tom Jobim
7 Noel Rosa
8 Vinicius de Moraes
9 Chico Buarque
10 Daniela Mercury