Busca:

Sonia Mello

Sonia Melo
30/5/1959 Garanhuns, PE

Dados Artísticos

Começou a carreira artística ainda criança e, aos seis anos de idade, participou de um concurso para adultos no qual era a única criança. Por sua altura, tinha que subir num banquinho para poder cantar. No referido concurso ganhou um rádio, além de ser contratada pela Farmácia Senhor do Bonfim para cantar toda semana no Programa Odete Pacheco, na Rádio Difusora de Alagoas. Mudou-se depois para o Rio de Janeiro, onde deu sequência à sua carreira. Em 1975, gravou o LP "Sônia Mello interpreta Roberto e Erasmo Carlos", pelo selo Coronado da EMI-Odeon. Nesse disco interpretou "A volta", "Sentado à beira do caminho", "Como é grande o meu amor por você", "Eu te amo, te amo, te amo", "120... 150... 200 km. Por hora", "Eu estou apaixonado por você", "Debaixo dos caracóis dos seus cabelos", "Por amor", "Detalhes" e "A distância", todas de autoria da dupla Roberto Carlos e Erasmo Carlos, além de "Por isso corro demais" e "Quando", de Roberto Carlos. Em 1976, sua interpretação para a música "Quando", de Roberto Carlos, foi incluída na coletânea "Preferência nacional - Vol.2", da Odeon. No mesmo ano, participou do LP lançado pelo cantor José Ricardo, pela Odeon, interpretando com ele a música "Não se vá", versão de Thyna, para "Tu t'en vas", de Alain Barrière. Em 1977, lançou o LP "Do jeito que eu sempre fui", música título de Hugo Belardi e Paulo Sérgio Valle, também compositores de "Todas as vezes que amo", e que incluiu ainda as músicas "O que sou pra você"; versão de Paulo Sérgio Valle para "Que soy pra ti", de Victor Daniel e E. Recke; "Pegar ou largar" e "A namorada", de Maurício Duboc e Carlos Colla; "Melhor me arrepender", de Robson e Solange Correa; "Não quero ver você triste", de Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Mário Telles; "Amada amante", "Proposta", "As curvas da estrada de Santos", "Sua estupidez", "Cena muda" e "Eu te darei o céu", todas de Roberto Carlos e Erasmo Carlos; "Amiga", de Livi; "Gente tola", de Rossini Pinto, Santos e José Augusto; "Eu me amaro", de Nenéo, e "Amélia de você", de Elena e Eliane de Grammont. Em 1979, lançou o LP " Sonia Melo interpreta Roberto Carlos e Erasmo Carlos -  VOL. 2", da Coronado/EMI-Odeon com a interpretação das músicas "Eu quero apenas", "Proposta", "A primeira vez", "Eu te darei o céu", ".O progresso", "Café da manhã", "O portão", "Não quero ver você triste", "O show já terminou", "Amigo" e "Eu disse adeus", todas de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, além de "Outra vez", de Isolda, e "Esqueça (Forget him)", de M.Anthony, versão de Roberta Côrte Real. Em 1980, gravou "Grandes mulheres, grandes sucessos", no qual interpretou "Momentos", de Joanna e Sarah Benchimol; "Folhetim", de Chico Buarque; "Grito de alerta", de Gonzaguinha; "Nosso estranho amor" e "Menino do Rio", de Caetano Veloso; "Foi Deus quem fez você", de Luis Ramalho; "Clareana", de Joyce; "Começar de novo", de Ivan Lins e Vitor Martins; "Mania de você", de Rita Lee e Roberto de Carvalho; "Amor meu grande amor", de Ângela Ro Rô e Ana Terra, e "Romaria", de Renato Teixeira. Destacou-se como intérprete de composições gravadas por Roberto Carlos.

Mais visitados
da semana

1 Festivais de Música Popular
2 Caetano Veloso
3 Música Sertaneja
4 Lupicínio Rodrigues
5 Hermeto Pascoal
6 Dorival Caymmi
7 Chico Buarque
8 Raul Seixas
9 Dona Ivone Lara
10 Daniela Mercury