Busca:

Solange Pereira

Solange Pereira da Silva
1/6/1956 Niterói, RJ

Dados Artísticos

Começou a carreira de intérprete em grupos vocais, participando de inúmeros festivais universitários por todo o país, principalmente com a "Banda Jardim das Crises", que desenvolvia um trabalho de música atonal.

No ano de 1984, estreou o primeiro show individual no Teatro Municipal de Niterói, "Estado de coisas", produzido por Pedrina Pereira, com roteiro e direção do poeta Euclides Amaral. No ano seguinte, participou de vários programas de televisão, como "Buzina do Chacrinha", do qual participou várias vezes à convite do próprio Velho Guerreiro que, junto com Jece Valadão, produziu a sua fita demo com quatro músicas, entre elas "Santo maior" (Moisés Costa e Euclides Amaral). Por essa época, participou dos programas "Sílvio Santos" e "Sem Censura" ( TVE), entre outros.

Em 1989, foi morar na Espanha, nas Ilhas Gran Canaria, onde formou a Banda Pau-Brasil, composta por músicos de várias nacionalidades e com a qual viajou fazendo shows por diversas cidades espanholas.

Transferiu-se em 1996 para Barcelona e foi convidada a participar da coletânea "Pau-de-Sebo - Vitrine Brasil', com as músicas "Song Songo" (Danilo Pinheiro, Mario Lenzina e Richard Wakefield) e "Força do pensamento" (Danilo Pinheiro, Chico Roque e Bianch), pelo Selo Regent Music, que aglutinava vários artistas brasileiros radicados em Barcelona. No ano seguinte, lançou o disco "Novas sementes", pelo Selo Regent Music, patrocinado pelo governo espanhol em parceria com a Associação dos Amigos do Brasil e o Consulado do Brasil em Barcelona. Neste disco, interpretou "Antes que seja tarde" (Ivan Lins e Vítor Martins), "Farol" (Moisés Costa e César Rodrigues) e a faixa-título "Novas sementes" (Danilo Pinheiro e Miriam Perachi). O disco contou com a participação especial de Danilo Pinheiro na faixa "Ronco da cuíca" (João Bosco e Aldir Blanc).

Na Espanha, entre 1996 e 1998, realizou diversos shows de lançamentos dos CDs "Pau-de-sebo - Vitrine Brasil" e "Novas sementes".

De volta ao Brasil em 1998, montou vários shows e espetáculos em casas noturnas, teatros e circuito de Shoppings do Rio de Janeiro e Niterói. Neste mesmo ano, participou do primeiro "Festival Temático de Música de Maricá", no Rio de Janeiro, classificando-se em 2º lugar com a música "Branco Africano", de Antônio Célio.

Em 1999, trabalhou na divulgação de seu CD "Novas sementes", nas principais capitais brasileiras.

No ano 2000, ao lado de Rubens Cardoso, Renato Piau, Elza Maria, Tharcísio Rocha, Lúcio Sherman e Ricco Duarte, entre outros, participou do CD "Conexão carioca 2", interpretando "Santo maior" (Moisés Costa e Euclides Amaral). A coletânea foi produzida por Euclides Amaral para o selo Guitarra Brasileira e contou com a apresentação de Ricardo Cravo Albin.

Mais visitados
da semana

1 Lupicínio Rodrigues
2 Hermeto Pascoal
3 Caetano Veloso
4 Joaquim Calado
5 Noel Rosa
6 Elton Medeiros
7 Festivais de Música Popular
8 Tom Jobim
9 Música Sertaneja
10 Luiz Gonzaga