Busca:

Sirano e Sirino



Dados Artísticos

Dupla de forró. Sirano - Ceará

Sirino - Ceará

Sirino iniciou a carreira artística aos sete anos de idade em sua cidade natal. Aos 11, começou a apresentar-se com o pai e os irmãos. Em 1979, montou uma banda. Em 1981, fez uma grande excursão pelo Nordeste acompanhando o cantor Nestor Holanda. Desenvolveu um estilo próprio de tocar e cantar o forró, falando das brincadeiras, das vaquejadas e do dia-a-dia do Nordeste de uma maneira humorística. Sirano, por suas vez, é capaz de interpretar duas músicas ao mesmo tempo na sanfona, o que consegue quando interpreta "Asa branca" e "A volta da asa branca". Toca uma no teclado e a outra nos baixos. Quando a orquestra de Câmara de Moscou realizou uma visita a Fortaleza, Sirano gravou uma fita que foi apresentada antes do show, onde interpretava obras de Mozart intercaladas a obras de Luiz Gonzaga, transportando o clássico para o forró e o forró para o clássico. Em 1988, gravou pela Continental o primeiro disco. Em 1990, saiu de maneira independente o segundo trabalho, que obteve grande repercussão no Ceará. Em 1993, foi gravado "De Maranguape para o Brasil". A partir de 1993, passou a apresentar pela TV Jangadeiro o programa "Meu xodó", onde são apresentados cantores locais, conjuntos, humoristas e outros quadros. Em 1994, lançou "Sirano e banda só mie", apresentando como destaque as composições "Cabra desmantelado", "Valentona" e "Barriga branca". Em 1995, lançou pela Somzoom seu quinto disco, apresentando como destaque as composições "Cabra namorador", "Casa, separa" e "Só nani nani". Com o sucesso do CD, ganhou o Disco de Ouro pela vendagem obtida. Gravou ainda mais dois discos como cantor solo. Em 1998, lançou o primeiro trabalho em companhia de Sirino. Em 1999, saiu o CD "Sirano e Sirino, quanto mais eu bebo, mais eu gosto de vocês", trazendo como destaque as composições "Mulher de cabaré", "Anjo da guarda", "Tô doido para sexar" e "Xenhem-nhem".

Mais visitados
da semana

1 Isolda
2 Luiz Gonzaga
3 Noel Rosa
4 Eumir Deodato
5 Dorival Caymmi
6 Geraldo Pereira
7 Lupicínio Rodrigues
8 Chico Buarque
9 Pixinguinha
10 Música Sertaneja