Busca:

Silvio Tancredi

Silvio Tancredi
Circa 1920 São Paulo

Dados Artísticos

Começou a carreira artística tocando em clubes e boates de São Paulo. Na década de 1950, juntamente com os maestros Gaó, Guerra Peixe, Osmar Milani e Spártaco Rossi participou na Rádio Nacional de São Paulo do programa "Quando os maestros se encontram". Contratado pela gravadora Chantecler lançou em 1958, o LP "Dance comigo - Silvio Tancredi e Seu Conjunto de Ritmos" interpretando as músicas "Come prima", de Taccani, Di Paola e Panzeri; "April love", de S. Fain, Paul Francis e Webster; "Nel blu dipinto di blu", de Domenico Modugno e F. Figliacci; "Estrada do sol", de Tom Jobim e Dolores Duran; "Barão na dança", de Antônio Rago e Mário Vieira; "Boato", de Portinho e Wilson Falcão; "Além", de Sidney Morais e Édson Borges; "Festinha da Dorinha", de Sidney Morais; "Melodia d'amore", de H. Gietz e K. Feltz; "Interesseira", de Bidú Reis e Murillo Latini; "Calypso italiano", de W. Merrel e L. Monte, e "Ay cosita linda", de P. Galán. Foi regente da orquestra Chantecler. Em 1964, regeu a orquestra Chantecler no LP "Dominique" lançado pela cantora Giane e que incluiu sua composição "Saudade, tristeza e ninguém", com Mário Albanese. A partir de 1989, passou a dirigir o Coral e orquestra Carlos Gomes, da Federação Espírita de São Paulo. Em 2010, permaneceu atuado na regência do coral e orquestra Carlos Gomes.

Mais visitados
da semana

1 Caetano Veloso
2 Tom Jobim
3 Assis Valente
4 Nelson Cavaquinho
5 Hermeto Pascoal
6 João Gilberto
7 Música Sertaneja
8 Ary Barroso
9 Gilberto Gil
10 Lúcio Barbosa