Busca:

Sérvulo Augusto

Sérvulo Augusto Vieira Gonçalves
3/12/1955 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Em 1975, integrou o elenco da peça “O reino do contrário”, de Maria Elena Walsh, com direção de Roberto Lage. No ano seguinte, participou, como ator, diretor musical e compositor, da trilha original, da peça “Clotilde, com brisa, ventania e cerração”, de Otávio Paz, com direção de Roberto Lage. Em 1977, participou, como ator, músico e diretor musical, da peça “A lenda do vale da lua”, de João das Neves, com direção de Mário Masetti. Os três espetáculos foram contemplados com o Prêmio SNT, na categoria Melhor Espetáculo Infantil de 1975, 1976 e 1977, respectivamente. Ainda em 1977, participou das peças “Souzalândia”, de Augusto Francisco, com direção de Roberto Lage, como compositor da trilha original, diretor musical e ator, “Pedreira das Almas”, de Jorge Andrade, com direção de Therèse Thièriot, como músico, e “Um ponto de luz”, de Fauzi Arap, com direção do autor, como assistente de direção e sonoplasta. Em 1978, atuou como compositor da trilha original e diretor musical da peça “Brincadeiras”, de Raimundo de Souza, com direção de Mário Masetti, que recebeu o Prêmio SNT na categoria Melhor Espetáculo Infantil. Em 1979, atuou, como compositor da trilha original, diretor musical e músico, na peça “Sonho de uma noite de verão”, de William Shakespeare, com direção de Roberto Lage, que recebeu o Prêmio Mambembe, na categoria Melhor Espetáculo, como músico, na peça “Dr. Knock”, de Jules Romain, com direção de Paulo Autran, como assistente de direção, na peça “Mocinhos Bandidos”, de Fauzi Arap, com direção do autor, e, como compositor da trilha original e músico, na peça “Fogo paulista”, de sua parceria com José Rubens Chachá, Paulo & Jean Garfunkel e Jaime Prata, com direção de Mário Masetti.

Em 1980, assinou a trilha sonora original e a direção musical da peça “O balão que caiu no mar”, de Odylo Costa Filho, com direção de Carlos Meceni, contemplada com o Prêmio SNT, na categoria Melhor Espetáculo Infantil. A peça “A lenda de Piuí”, de sua parceria com José Rubens Chachá, com direção de Roberto Lage, recebeu o Prêmio SNT Dramaturgia de 1979 e o Prêmio SNT de Melhor Espetáculo Infantil de 1981. Atuou, como compositor da trilha original, diretor musical e ator, na peça “Rádio Bixiga – PRK…deia”, de sua parceria com José Rubens Chachá, com direção de Valter Padgurschi, ainda em 1981. Assinou as trilhas sonoras originais das peças “Feliz ano velho” (1983), de Marcelo Rubens Paiva e Alcides Nogueira, com direção de Paulo Betti, e “Abre as urnas, coração” (1984), de Luiz Fernando Veríssimo , Luiz Carlos fusco e Augusto Francisco, com direção de Roberto Lage. Atuou como compositor da trilha original, diretor musical e músico na peça “Ubu” (1985), de Alfred Jarry, e como compositor da trilha original e diretor musical da peça “Teledeum” (1987), de Albert Boadella, ambas com direção de Cacá Rossset. Compôs as trilhas sonoras dos filmes “Anjos da noite” (1987), de Wilson Barros, e “Fogo e paixão” (1988), de Isai Weinfeld e Marcio Kogan, e dos curtas “Esconde – Esconde” (1988), de Eliana Fonseca, Dovè Meneghetti (1989), de Beto Brant, contemplada com o Prêmio de Melhor Trilha do Rio Cine Festival, e “Cadê a bolinha?” (1989), de Eduardo Caron.

Em 1990, fundou, com Ruriá Duprat, a Banda Sonora Produções Artísticas Ltda., produtora de som para publicidade, onde vem criando e produzindo inúmeras trilhas e jingles para clientes como Mc Donald’s, Nestlé e Fiat, entre outros. Compôs as trilhas sonoras dos curtas “Viver a Vida” (1991), de Tata Amaral, “Mano a mano” (1991), de Eduardo Caron, “Olímpicos” (1991), de Flávia Morais, e “PRK déia” (1992), de Eduardo Caron. Em 1996, assinou a trilha sonora original e a direção musical da peça “Sherazade”, de José Rubens Siqueira, com direção de Francisco Medeiros, contemplada com o Prêmio APETESP, nas categorias Melhor Trilha Original e Melhor Espetáculo Infantil. Participou do CD “Brazsil”, lançado em 1998 por Daniel Taubkin, gravando voz na faixa “Velhos camaradas” (música de Daniel Taubkin sobre poema de Mário Quintana).

Em 2002, atuou como pianista e arranjador na peça “Mãe Coragem e seus filhos”, de Bertold Brecht, com direção de Sérgio Ferrara. No ano seguinte, criou a trilha sonora da peça “Tarsila”, de Maria Adelaide Amaral, com direção de Sérgio Ferrara, e assinou a trilha sonora original e a direção musical da peça “Um Merlin”, de Luis Alberto de Abreu, com direção de Roberto Lage.

Cantando, tocando piano e violão, e assinando alguns arranjos, lançou, em 2005, o CD “Coletivo”, com suas canções “Boca livre”, “Solidão”, “Rio Primeiro”, “Socorro”, “Bichinho da peste”, “Jeitinho brasileiro”, “Bixiga”, “Coro de gato” e “Sabiá”, todas com José Rubens Chasseraux, “Minas Gerais” (c/ Eduardo Santana) e “Hermética”. Além da presença de vários músicos, o disco contou com a participação especial de Elza Soares (voz em “Boca livre”), Jane Duboc (voz em “Minas Gerais”), Daniela De Carli (voz em “Rio Primeiro”), José Rubens Chasseraux (voz em “Bichinho da peste”), Monica Salmaso (voz em “Bichinho da peste”) e Orquestra Popular de Câmara (na faixa “Bichinho da peste”), Marlui Miranda (voz em “Sabiá”), Antônio Nóbrega (rabeca em “Hermética”), Banda Mantiqueira (na faixa “Hermética”), Oswaldinho (acordeom em “Hermética) e Zezinho Pitoco (zabumba em “Hermética”).

No ano de 2006 , assinou os seguintes trabalhos musicais: a trilha sonora da peça "Emma Goldman - Amor, anarquia e outros casos", de Jessika Litwak, com direção de Rodrigo Garcia; as músicas originais do espetáculo "B - Encontros com Caio Fernando Abreu", de Lucienne Guedes, com direção de Francisco Medeiros; a trilha sonora do infantil "Lendas da Natureza", de Ana Luísa Lacombe, com direção de Simone Boer; e a música-tema do espetáculo "Diário dum carroceiro", de Tião Nicomedes, com direção de Iara Brasil. Nesse mesmo ano, começou a trabalhar na pré-produção do CD "Pop up", com arranjos e direção musical de Paulo Calasans.

Mais visitados
da semana

1 Rubem Confete
2 Ferrugem (Jheison Failde de Souza)
3 Pixinguinha
4 Tim Bernardes
5 Jacob do Bandolim
6 Nelson Cavaquinho
7 Noel Rosa
8 Niltinho Tristeza
9 Jota Raposo
10 Lúcia Menezes