Busca:

Senhorita Consuelo


Circa 1880 Rio de Janeiro
Circa 1950 Rio de Janeiro

Dados Artísticos

Pouco se sabe sobre ela além daquilo que ficou registrado no catálogo da gravadora Odeon. Isso porque sua atuação se deu numa época em que a música popular não rendia nenhum prestígio e, portanto, não havia qualquer preocupação em guardar qualquer registro a respeito dos artistas nela envolvidos. Atuou no começo do século XX e, como era praxe na época, deve ter se apresentado em teatros populares, cafés concertos e chopes cantantes. Gravou alguns discos na gravadora Zon-O-Phone. Sua primeira gravação ocorreu por volta de 1904, quando registrou a canção "Morena brasileira" cuja autoria não se tem indicação. Pela mesma época, gravou em dueto com o cantor Bahiano as cançonetas "Feijoada"; "E durma-se com um barulho destes"; "Dos paraguas"; "Saco do alferes"; "Co-co-ro-có"; "Crioula e branco"; "Mestre Domingos" e "Joana e João". Na mesma época, gravou sozinha as cançonetas "A espiga"; "Mamãe me enganou"; "A modista" e "Se eu fosse rapaz", e, com o cantor Braga e o intérprete Bahiano, a cançoneta "Trio dos tabeliães", todas de autores desconhecidos. Ao que tudo indica era negra.

Mais visitados
da semana

1 Lupicínio Rodrigues
2 Garoto
3 Elza Soares
4 Assis Valente
5 Pixinguinha
6 Dorival Caymmi
7 Caetano Veloso
8 Tom Jobim
9 Luiz Gonzaga
10 Noel Rosa