Busca:

Rosalino Senos

Rosalino Fernandes Freitas
Circa 1920 Rio de Janeiro

Dados Artísticos

Começou a ter suas composições gravadas na década de 1940. Em 1946, teve duas composições gravadas, a marcha "Cantora Lírica", com Irany de Oliveira, e o samba "O Primeiro Homem", com Irany de Oliveira, na  Odeon pelos Trigêmeos Vocalistas. Em 1947, pela Continental, o grupo Os Trovadores gravou o samba "Eu Sempre Quis", com Irany de Oliveira. No mesmo ano, o samba "O Mundo É Um Pandeiro", com Irany de Oliveira, foi lançado na Odeon pelo grupo Quatro Ases e Um Curinga. Em 1950, conheceu seu maior sucesso com o samba choro "Vaqueiro No Samba", com Irany de Oliveira, gravado na RCA Victor pelo cantor Bob Nelson. No mesmo ano, o maracatu "Quem Não Dança", com Raul Carrazzato, foi registrado pelos Trigêmeos Vocalistas na Odeon. Em 1953, teve duas composições registradas, a rumba "Rumba - Rumba", com Oldemar Magalhães, pela cantora Araci Costa, e o baião "Vou Dançar o Baião", com Ivo Marins, pelo Quarteto Copacabana na Todamérica. Em 1957, o "Chótis Dos Velhotes", com Manoel Macedo, foi gravado por Manoel Macedo pela Columbia, enquanto o Trio de Ouro, pela RCA Victor registrou o samba "O Samba Tem", com Oldemar Magalhães. Em 1958, fez a versão para o bolero "O Amor Numa Serenata", de N. Goletti e T. Richepin, lançado pela cantora Norma Suely, pela Polydor. Em 1959, teve quatro composições gravadas: o baião "Banquete de Capim", com Milton Gomes, por Ivon Cury no LP "Para ouvir sorrindo", lançado por ele na RCA Victor, o rasqueado "Não Vá Embora", com Genival Melo, e o bolero, "Noite De Inverno", com Milton Gomes, pelo Trio Guaraní, na Polydor, e o bolero "O Amor Numa Serenata", com N. Goletti e T. Richepin, no LP "Eles cantam assim", uma coletânea da Polydor. Ainda em 1959, pela RCA Victor, o cantor  Carlos Nobre lançou o samba canção "Volta ao Meu Barracão", com Irany de Oliveira. Em 1960, o samba canção "Volta ao Meu Barracão", com Irany de Oliveira, alcançou sucesso sendo incluído em LP do cantor Carlos Nobre para a RCA Victor. Em 1962, teve o tango "Segue Sozinha", com Jorge Motta Vieira, foi gravado por Albertinho Fortuna no LP "Tangos de ontem e de hoje", da Continental. Em 1964, seu bolero "Sinceramente", com Jorge Motta Vieira, foi gravado na  Copacabana pelo cantor Fernando Barreto e foi incluído na coletânea "As 14 Maiorais em boleros", da gravadora Copacabana. Em 1968, o samba canção "Voltei Sarita", com Raul Carrazzato, foi gravado pelo trio vocal Trigêmeos Vocalistas no LP "A volta dos Trigêmeos Vocalistas", lançado por eles na Beverly. Em 1996, a gravação de Bob Nelson para o samba "Vaqueiro No Samba", com Irany de Oliveira, foi incluída no CD "Vaqueiro alegre" do selo Revivendo em homenagem ao cantor Bob Nelson. Em 1999, sua rumba "Rumba Rumba", com Oldemar Magalhães, na interpretação de Emilinha Borba fez parte da coletânea "Sua Majestade, A Rainha do Rádio", lançada pelo selo Revivendo com gravações originais da cantora. Em 2001, o samba canção "Volta ao Meu Barracão", com Irany de Oliveira, fez parte da coletânea "Amor em serenata", lançado pelo selo Revivendo com gravações do cantor Carlos Nobre. Seu principal parceiro foi o maestro Irany de Oliveira com quem compôs seu maior sucesso, o samba "Vaqueiro no samba". Teve obras gravadas por Carlos Nobre, Bob Nelson, Emilinha Borba, Albertinho Fortuna e Ivon Curi entre outros.

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 João Gilberto
3 Tom Jobim
4 Geraldo Pereira
5 Pixinguinha
6 Caetano Veloso
7 Música Sertaneja
8 Noel Rosa
9 João Bosco
10 Nelson Cavaquinho