Busca:

Ronaldo Bôscoli

Ronaldo Fernando Esquerdo Bôscoli
28/10/1928 Rio de Janeiro, RJ
18/11/1994 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Fez parte do grupo que, a partir de 1957, reunia-se no apartamento de Nara Leão (de quem foi namorado) para tocar e cantar músicas que mais tarde seriam caracterizadas como bossa nova. Na ocasião, escreveu diversas crônicas para o jornal "Última Hora" referindo-se à bossa nova. No final do ano de 1957, ao lado de Carlos Lyra, Sylvia Telles, Roberto Menescal e Luiz Eça, participou do show realizado no Clube Hebraica (RJ), espetáculo que já era anunciado como "grupo bossa nova apresentando sambas modernos".

Ao lado de Miéle, formou a dupla Miéle e Bôscoli, que veio a produzir uma série de shows com diversos artistas.

Em 1959, idealizou o chamado "pocket-show", simultaneamente desenvolvido pelo produtor Abelardo Figueiredo, realizando a produção de pequenos shows no Little Club e nas boates do Beco das Garrafas, local que ficou conhecido como reduto bossanovista, com artistas e grupos como o Copa Trio, Elis Regina, Nara Leão, Rosinha de Valença, Sílvia Telles e Wilson Simonal, entre outros.

Como compositor, foi parceiro de Chico Feitosa, Carlos Lyra e, principalmente, de Roberto Menescal.

Sua primeira composição gravada foi "Sente (c/ Chico Feitosa), incluída no LP "OOOOOOOOH Norma", de Norma Bengell, lançado pela Odeon, em 1959. O LP "Chega de Saudade", de João Gilberto, lançado no mesmo ano e considerado um dos marcos da bossa nova, contém duas canões de sua parceria com Carlos Lyra: "Lobo bobo" e "Saudade fez um samba".

Uma de suas músicas mais conhecidas e mais representativas do estilo da bossa nova é "O barquinho", em parceria com Roberto Menescal, que conta com diversas gravações no Brasil e no exterior.

Na década de 1960, ao lado de Miéle, continuou produzindo shows, entre eles a turnê de Wilson Simonal e Luiz Carlos Vinhas, na Europa. A dupla passou a produzir também o famoso programa "O Fino da Bossa", da TV Record, comandado por Elis Regina e Jair Rodrigues.

Na década de 1970, ainda com Miéle, passou a produzir Roberto Carlos que, vindo da Jovem Guarda, tornou-se um cantor romântico. A dupla produziu o cantor durante 24 anos. Ainda nos anos 1970, participou da linha de criação e produção de shows da TV Globo (núcleo A.C.Vannucci, ao lado de Ruy Castro, Paulo Afonso Grissoli e Ricardo Cravo Albin), que geraria programas como "Brasil Pandeiro (c/ Beth Faria),"Alerta Geral" (c/ Alcione) e "Bibi 78 e 79" (c/ Bibi Ferreira).

Teve ainda, no decorrer de sua carreira, intensa atividade como produtor de discos. Ao lado de Miéle, produziu e dirigiu o show e o disco gravado ao vivo "Elis e Miéle no Teatro da Praia", lançado pela PolyGram em 1982, entre outros.

Participou do projeto "Poeta mostra a tua cara", realizado por Solange Kafuri.

Além de seus parceiros Roberto Menescal, Carlos Lyra, Chico Feitosa e Luiz Carlos Vinhas, constam também da relação dos intérpretes de suas canções Pery Ribeiro, Flora Purim, Agostinho dos Santos, Leny Andrade, Claudette Soares, Elizeth Cardoso, Elis Regina, Tito Madi, Maysa, Tamba Trio, Lúcio Alves, Silvinha Telles, Os Cariocas, Leila Pinheiro, Alaíde Costa, Wanda Sá, João Gilberto, Walter Wanderley, Sílvio César, Nara Leão, Laurindo de Almeida e João Donato, entre vários outros artistas.

Faleceu em 18 de novembro de 1994. Em 2011, numa parceria do Instituto Cultural Cravo Albin com o selo Discobertas, foi lançado o box "100 Anos de Música Popular Brasileira", contendo quatro CDs duplos, com áudio restaurado por Marcelo Fróes da coleção  de oito LPs da série homônima produzida por Ricardo Cravo Albin, em 1975, com gravações raras dos programas radiofônicos “MPB 100 ao vivo” realizadas no auditório da Rádio MEC, em 1974 e 1975. O compositor participou do volume 6 da caixa, com suas canções “Lobo bobo” (c/ Carlos Lyra), na voz de Alaíde Costa, e “Fim de noite” (c/ Chico Feitosa), na voz de Lúcio Alves. Nesse mesmo ano, foi publicado o livro “A Bossa do Lobo – Ronaldo Bôscoli” (Editora Leya), de autoria de Denilson Monteiro.

Mais visitados
da semana

1 Caetano Veloso
2 Chitãozinho e Xororó
3 Elis Regina
4 Noel Rosa
5 Tom Jobim
6 Isolda
7 Bezerra da Silva
8 Bloco Carnavalesco Concentra Mas Não Sai
9 As Marcianas
10 Luiz Gonzaga