Busca:

Ronaldinho do Banjo


5/9/1958 Rio de Janeiro, RJ

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Em 1995, já fazendo parte do Grupo Fundo de Quintal, participou do disco "Palco Iluminado", no qual foi incluída de sua autoria a música "Amor dos deuses", em parceria com Mário Sérgio.

No ano de 1997, sua composição "Livre pra sonhar", em parceria com Cleber Augusto e Mário Sérgio, deu título ao disco do grupo naquele ano.

Em 1999, mais uma composição de sua autoria que deu título ao disco do grupo carioca Fundo de Quintal, "Chega pra sambar", em parceria com Mário Sérgio.

No ano 2000, fazendo parte do grupo, lançou pela gravadora BMG o disco ao vivo "Simplicidade", disco no qual o grupo fez uma retrospectiva da carreira, interpretando vários de seus sucessos. Neste mesmo ano, a gravadora RGE relançou em CD todos os LPs editados anteriormente. Ainda neste ano, participou (integrando o Fundo de Quintal) do CD "Os melhores do ano II", pela Indie Records, no qual o grupo interpretou "Rosalina" (Serginho Meriti e Luizinho) e "Romance dos astros" (Luiz Carlos da Vila, Cléber Augusto e Jorge Carioca), esta última ao lado de Beth Carvalho.

Em 2001, pela gravadora BMG e com produção de Rildo Hora, o grupo lançou o disco "Papo de samba". Neste CD, o 21º da carreira do grupo, foram incluídas músicas de participantes do grupo, como "Numa casa véia" (Mário Sérghio, Sereno e Ronaldinho do Banjo), assim como outras de compositores importantes, como Monarco na faixa "Peregrinação", parceria de Monarco com o filho Mauro Diniz.

Em 2002, o grupo lançou o CD "Fundo de Quintal - Cacique de Ramos". Gravado ao vivo na quadra do Bloco Carnavalesco Cacique de Ramos, o CD, produzido por Rildo Hora, contou com várias participações especiais, entre elas, Almir Guinéto, Sombrinha, Arlindo Cruz e Jorge Aragão (ex-integrantes), Zeca Pagodinho e Beth Carvalho.

Mais visitados
da semana

1 Mumuzinho
2 Dorival Caymmi
3 Festivais de Música Popular
4 Gilberto Gil
5 Chico Buarque
6 Assis Valente
7 Emílio Santiago
8 Adoniran Barbosa
9 Daniela Mercury
10 Clara Nunes