Busca:

Rodrigo Londero

Rodrigo Londero
21/12/1976

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

De 1999 a 2003, integrou o Coro de Câmara da Universidade Federal de Santa Maria, sob a regência da Maestrina Zobeida Prestes. Nesse período, teve contato com repertório erudito e popular, chegando a participar de concertos e apresentações no Chile, Bolívia e Peru.

Em 2003, formou, juntamente com o irmão Vinicius Londero (voz e percussão) e com Gustavo Dall’Acqua (voz e violão), o trio VOZ, com o qual se apresentou no Theatro 13 de Maio, em Santa Maria, com repertório autoral.

Em 2005, compôs, em parceria com Gustavo Dall’Acqua, Vinicius Londero e Bartholomeu de Haro, a rapsódia “Hello, Édipo”, trilha sonora da peça homônima do diretor teatral Bartholomeu de Haro, da Companhia O Veneno do Teatro, de São Paulo. No mesmo ano, produziu, com Gustavo e Vinicius, o primeiro CD do trio VOZ. O disco, gravado, mixado e masterizado pelos próprios integrantes em seu estúdio caseiro, viria a ser lançado em 2007. Ainda em 2005, a faixa “Bem além da estrela azul”, de sua parceria com Gustavo Dall’Acqua e Vinicius Londero, passou a fazer parte da programação da Rádio Máxima, emissora especializada em música brasileira, no Japão.

Em 2006, mudou-se para São Paulo, em companhia dos outros dois parceiros, com o objetivo de dedicar-se exclusivamente ao desenvolvimento artístico do trio. Nesse mesmo ano, realizou com o trio o show “Renovação, Revolução, Essência” no SESC Consolação. Ainda em 2006, apresentou-se com o trio em diversas cidades do interior paulista como Itu, Campinas, Santos e Araçatuba, entre outras. Também nesse ano, o trio realizou turnê pelo interior de São Paulo e Minas Gerais com o quarteto vocal “A 4VOZES”, no espetáculo “Voz do Sul, Canto de Minas”, projeto selecionado pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo que foi também apresentado em praças públicas da capital paulista como o Parque Trianon, Praça dos Omaguás e Corredor Literário da Rua da Consolação.

Em 2007, o trio recebeu o prêmio de Melhor Arranjo no Festival de Arte e Música de Garanhuns (PE), com a música “Mira”, de sua parceria com Rodrigo Londero, sendo contratado para realizar show no 17º Festival de Inverno de Garanhuns, com público estimado em 60.000 pessoas. Nesse mesmo ano, lançou, com o trio, o CD independente “VOZ - Renovação, Revolução, Essência”, contendo suas composições “Mira”, “Mantran”, “Esta noite”, “Vento frio, alma quente”, “Janela iluminada”, “Idade negra” e “Anjos imortais”, todas com Gustavo Dall’Acqua, “Bem além da estrela azul” (c/ Gustavo Dall’Acqua e Vinicius Londero), “Hello, Édipo” (c/ Gustavo Dall’Acqua, Vinicius Londero e Bartholomeu de Haro), “Nada demais” e “Aos nossos pais”, além de “Cada segundo” (Gustavo Dall’Acqua).

Em 2007 e 2008, o trio destacou-se em diversos festivais de música brasileira recebendo 20 prêmios em 15 festivais.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Parada Dura
3 Mayck e Lyan
4 Tiee
5 Aldir Blanc
6 Hermeto Pascoal
7 Dulce Nunes
8 Noel Rosa
9 Trio Nagô
10 Evaldo Gouveia