Busca:

Ricardo Serpa

Ricardo Luiz Serpa Maia
25/1/1960 Rio de Janeiro, RJ
28/6/2013 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Ao longo de sua carreira, atuou com vários artistas, como Raul de Souza, Paulo Moura, Cidade Negra, Nó Brasileiro, Might Reagae Beat (Paralamas do Sucesso), Xangai,Nivaldo Ornesas, José Roberto Bertrami (Azimuth), Naby Cliford, Toni Costa, Marvio Ciribelli e também em turnê brasileira com o pianista inglês Karl Berger. Participou de nipes de sopros ao lado de Paulinho Trompete, Leo Gandelman, Serginho Trombone, Raul Mascarenhas, Mauro Senise, Carlos Malta, Bidinho e Bocato, entre outros. Tocou com:Nico Assumpção, Luiz Alves, Luizão Paiva, Caixa Preta, Elza Soares, Waguinho, Pascoal Meireles, Toninho Vargas, Hamleto Stamato, Prateado (na gravação do DVD de Gustavo Lins), e Gustavo lins, entre outros artistas.

Participou, como instrumentista, da trilha sonora das novelas "Direito de amar" e "Chocolate com pimenta" (Rede Globo).

Assinou a direção e a produção musical do CD do espetáculo "Nos embalos da fama", de Milton Prado. Atuou, como diretor musical, músico e arranjador, no espetáculo "Rio Jazz", coreógrafo José Roberto Ferreira. Participou, como solista convidado, na inauguração do Memorial Tom Jobim, em 25 de janeiro de 1997, no horto do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Foi o idealizador do projeto "Mambembe instrumental", com o qual excursionou pelo país.

Foi professor de música no Colégio São Paulo Apóstolo (RJ) e também professor de educação musical e regente de coral na Escola Técnica Ferreira Viana (Faetec/RJ). Foi coordenador e professor do curso para músicos profissionais realizado no centro cultural Lugar Comum Arte e Cultura (RJ). Lecionou no Centro Musical Antonio Adolfo (RJ), em 2002.

É autor do volume 1 da enciclopédia Mucoflux, da biblioteca da Merk do Brasil, de instrumentos musicais, série sopros.

Desenvolveu, juntamente com Pascoal Meireles, Luizão Paiva, Luiz Alves, Marcos Tranca e Nivaldo Ornelas o projeto instrumental Artbeat, com apresentações que mesclam ritmos brasileiros à música de todos os continentes.

Em 2008, lançou o CD “Aquariando”, com suas composições “Pro Nivaldo” e a faixa-título, além de “Girassol da Bessarábia” e “Clip Brasil”, ambas de Flávio Goulart de Andrade, “Nova Granada” e “Em caso de dúvida”, ambas de Nivaldo Ornelas, “Porto” (Dori Caymmi), “Vera Cruz” (Milton Nascimento e Marcio Borges), “Encontro dos rios” (Áurea Regina) e “Aquelas coisas todas” (Toninho Horta).

Mais visitados
da semana

1 Lupicínio Rodrigues
2 Hermeto Pascoal
3 Joaquim Calado
4 Caetano Veloso
5 Tom Jobim
6 Festivais de Música Popular
7 Noel Rosa
8 Pixinguinha
9 Dorival Caymmi
10 Música Sertaneja