Busca:

Ricardo Moreira

Ricardo Moreira Pinto
20/4/1959 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Em 1983 e 1984, trabalhou na PolyGram, exercendo a função de promotor de TV. Atuou junto à TVE (no programa "Chão de estrelas", apresentado por Fernando Lobo) e à Rede Manchete (nos programas "Clube da Criança", apresentado por Xuxa, "Circo do Carequinha" e "Bar Academia", produzido por Cícero de Carvalho). Colaborou no lançamento da MTV no Brasil e atuou junto à Rede Globo (nos programas "Discoteca do Chacrinha", "Globo de Ouro" e "Domingão do Faustão").

Trabalhou, de 1984 a 1986, na RCA (atual BMG), também como divulgador de TV, e, de 1986 a 1996, na PolyGram, onde exerceu os cargos de Divulgador e Chefe de TV, Supervisor de Imprensa e Label Manager (gerente de produto responsável pelos lançamentos internacionais no Brasil), todos no Departamento de Marketing da gravadora.

De janeiro a maio de 1997, atuou como Gerente de Imprensa na MCA. Nesse mesmo ano, foi contratado para o cargo de coordenador de Labels Associados da PolyGram, com a função de colaborar para repertório e marketing dos selos que eram distribuídos, na época, pela gravadora, como o MZA, de Marco Mazzola. Em novembro desse mesmo ano, com a venda da PolyGram para o grupo canadense Seagram (que já havia adquirido a MCA, renomeando-a Universal Music), passou a exercer o cargo de Gerente Artístico da nova companhia (que juntou os funcionários e o cast das duas gravadoras), dividindo, com Sérgio de Carvalho, que vinha da Universal Music, a coordenação de produção de discos da nova companhia.

Em 2000, com a saída de Sérgio de Carvalho, que voltou a atuar como produtor musical autônomo, assumiu sozinho a gerência artística da Universal Music. Nesse ano, assinou a produção musical do disco de ouro "10.000 Destinos - Ao Vivo", do grupo Engenheiros do Hawaii, e, em 2001, ao lado de Max Pierre, a produção musical do disco e do DVD "Mais coisas do Brasil", de Leila Pinheiro. Destacam-se, na relação das produções realizadas sob sua gerência artística na Universal Music, além dos dois citados, nos quais atuou também como produtor musical,os discos "Zeca Pagodinho - ao vivo", vencedor da primeira edição do Grammy Latino na categoria Melhor Álbum Samba/Pagode, "3001", de Rita Lee, vencedor da segunda edição do Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Rock, "Água da minha sede", vencedor da segunda edição do Grammy Latino na categoria Melhor Álbum Samba/Pagode, e "Noites do Norte", de Caetano Veloso, vencedor da Segunda edição do Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de MPB, além de "Ao vivo e a cores" (1998), do grupo Terra Samba (vendagem superior a 2,7 milhões de cópias), "Paz" (2001), do Padre Marcelo Rossi, "Quatro estações - ao vivo" (2000), de Sandy & Júnior, "Prenda minha - ao vivo", de Caetano Veloso, primeiro disco duplo de platina (1 milhão de cópias vendidas) do artista, "Sandy & Junior", para o qual escreveu "Quando você passa", versão de "Turu Turu", "Ouro de Minas", do conjunto Roupa Nova, "Acústico MTV", de Cássia Eller, além dos projetos "Um barzinho, um violão", "Casa de samba", "Quintal do Pagodinho" e "Discoteca do Chacrinha", entre vários outros.

Mais visitados
da semana

1 Acyr Marques
2 Geraldo Pereira
3 Nilton Lamas
4 Dorival Caymmi
5 Caetano Veloso
6 MC Sapão
7 Pixinguinha
8 Nelson Cavaquinho
9 Hermeto Pascoal
10 Música Sertaneja