Busca:

Raul Mascarenhas

Raul Mascarenhas Pereira
15/5/1926 Juiz de Fora, MG
12/10/1987 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Em 1955, já era um dos pianistas do Beco das Garrafas, em Copacabana, onde acompanhava a cantora e compositora Dolores Duran, com quem trabalharia até a morte dela, em 1959. Pouco depois começou a acompanhar a cantora Helena de Lima e passou a compor canções como "Estátua do Estácio de Sá" e "Verdade da vida", esta em parceria com Concessa Colaço. A convite de Carmelia Alves e Jymmi Lester viajou durante seis meses pela Europa até a Rússia. Voltaria a Europa outras vezes, apresentando-se em diversas cidades, na década de 1960.

Em 1963, seu samba-canção "Verdade da vida", com Condessa Lacerda foi gravado por Helena de Lima no LP "Quando a saudade chegar" e relançado no ano seguinte pela mesma cantora no LP "Uma noite no cangaceiro".

A partir de 1970, tornou-se pianista do bar do Country Club, no Rio de Janeiro, onde participou de memoráveis e reservados shows na companhia do cantor Mario Reis, seu amigo pessoas e notório freqüentador daquele tradicional reduto da alta sociedade carioca. De suas apresentações no Country Club, onde tocou durante dezessete anos, nasceu o disco ao vivo "O Piano Bar", no qual é acompanhado pelo contrabaixista Muchika. Ao longo de sua carreira, gravou dezenas de músicas, entre as quais "Minha namorada", de Carlos Lyra e Vinicius de Moraes, "Nossos Momentos", de Haroldo Barbosa e Luís Reis", "Travessia", de Milton Nascimento e Fernando Brant, "Sem mais adeus", de Francis Hime e Vinicius de Moraes, "Wave", de Antônio Carlos Jobim", "Por causa de você", de Antônio Carlos Jobim e Dolores Duran, além de sucessos internacionais como "The lady is a tramp", da dupla Hart-Hodgers.

Mais visitados
da semana

1 Caetano Veloso
2 Hermeto Pascoal
3 Tom Jobim
4 Dorival Caymmi
5 Nelson Cavaquinho
6 Roberto Carlos
7 Luiz Gonzaga
8 Cartola
9 Jackson do Pandeiro
10 Festivais de Música Popular