Busca:

Rael

Israel Feliciano
1/10/1983 São Paulo, SP

Dados Artísticos

No ano de 2013, pelo selo musical Laboratório Fantasma, do rapper paulista Emicida, lançou o segundo disco intitulado "Ainda bem que eu segui as batidas do meu coração", com composições de sua autoria, tais como "Ainda bem", "Caminho", "Semana", "Anda", "Só não posso", "Quizumba", "Leão de Judah", "Causa e efeito", "Diáspora", "Ela Me Faz", "Diferenças" e "Pedindo Pra Deus". No CD, produzido pela dupla de americanos Beatnick & K-Salaam, contou com as participações especiais do cantor Péricles e do rapper Emicida na faixa "Oyá", da cantora Mariana Aydar na música "Coração" e rapper Msário na composição "Tudo vai passar". Neste mesmo ano fez parte da caravana de artistas, ao lado de Marcelo D2, Planet Hemp, Toninho Hora, Tulipa Ruiz, Seu Jorge, Emicida e Alexei Bomtempo, que se apresentou no "Festival Central Park SummerStage - Brasil Summerfest", acompanhado pelos americanos do grupo Meta & The Cornerstones e pelo rapper brasileiro Emicida. Em 2014 lançou o EP “Diversoficando”, com sete faixas autorais, dentre as quais as versões acústicas de “Envolvidão” (c/ Nave) e “Ser feliz” (c/ Dario Cominezzi). Em 2017 lançou o EP “Ao vivo em SP”, registro de oito faixas do show de lançamento do CD “Coisas do meu imaginário” na casa Audio Club em São Paulo. Nesse mesmo ano lançou em parceria com os rappers portugueses Capicua e Valete e o brasileiro Emicida, o CD “Língua Franca”, produzido por Alexandre Kassin. Foi contemplado pelo “28º Prêmio da Música Brasileira” com o prêmio de “Melhor Cantor” na categoria “Pop/Rock/Reggae/Hip-hop/ Funk” pelo CD “Coisas do meu imaginário”. Estreou o show “Rael canta Vinicius de Moraes”, no Theatro Net Rio, no Rio de Janeiro. A ideia do show surgiu após sua participação no programa “Versões”, do canal Bis, em que homenageou seu ídolo Vinicius de Moraes. Ainda em 2017 apresentou-se no palco Sunset do festival “Rock in Rio”, em show que teve a participação especial de Elza Soares. Em 2018, ano da Copa do Mundo, lançou o single “Resenha de futebol”, em parceria com Rincon Sapiência, cujo clipe foi gravado com a adesão da rapper Karol Conka. Em 2019 participou do projeto “Hip Hop Hurricane” realizado no Palco Sunset do festival “Rock in Rio”, no Rio de Janeiro, ao lado da Nova Orquestra, formada por 45 músicos, e dos rappers Agir, Baco Exu do Blues e Rincon Sapiência. Nesse mesmo ano lançou o CD inédito e autoral “Capim-cidreira”, que contou com a participação do trio Melim em “Só ficou o cheiro” e do cantor Thiaguinho em “Beijo B”. Lançou o CD inédito e autoral “Capim-cidreira”, que contou com a participação do trio Melim em “Só ficou o cheiro” e do cantor Thiaguinho em “Beijo B”. Em 2020 lançou o EP “Capim-cidreira (Infusão)”, com seis faixas, dentre as quais a inédita “Rei do luau” (Rael, Iza e Julio Feijuca), que contou com a participação especial da cantora Iza.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Gonzaguinha
3 Noel Rosa
4 Tiee
5 Trio Parada Dura
6 Bruno e Marrone
7 Paulo Soledade
8 Caetano Veloso
9 Paulinho da Viola
10 Carlos Gonzaga