Busca:

Rabo de Lagartixa



Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Grupo de choro formado por Daniela Spielman (sax soprano e alto), Alessandro Valente (cavaquinho), Jayme Vignoli (cavaquinho), Marcello Gonçalves (violão de sete cordas) Alexandre Brasil (contrabaixo acústico e elétrico) e Beto Cazes (percussão) na década de 1990. O grupo lançou o primeiro disco em 1998, no qual contou com convidados especiais como Pedro Luís e a Parede e ainda Elza Soares na faixa "Formosa", de Baden Powell e Vinicius de Moraes. No repertório de inéditas foram incluídas "Quebra-queixo", um samba com participação do violonista Caio Cesar, "Que graça", de Alessandro Valente e ainda "Carrapato", de João Lyra em parceria com o letrista Paulo César Pinheiro, que contou com a participação do percussionista Beto Cazes (logo incorporado ao grupo). No ano 2000, participou do projeto "Samba e choro no Paço Imperial", no Rio de Janeiro. No ano seguinte, foi lançado pelo Selo Biscoito Fino dois CDs com parte do repertório tocado no projeto. Em 2002 a convite da Universidade de Notre Dame, em South Bend, Indiana, o grupo fez seis apresentações nos Estados Unidos, dentre elas uma apresentação no festival de "World Music", em Chicago e um Workshop em Nova York, cujo título foi "O encontro do choro e o jazz". No ano de 2003, apresentou-se no Centro Cultural Ibeu, no Rio de Janeiro. Em 2009 o grupo lançou o CD "A música de Villa-Lobos - O papagaio do moleque" (Biscoito Fino). No disco o grupo interpretou 12 temas do maestro Heitor Villa-Lobos (1857-1959), entre os quais "A lenda do caboclo" composta em 1920; "Tristorosa", de 1910; "Canção das águas claras", de 1957 (movimentos "Brincadeira"; "Canto lírico" e "Cançoneta"). Em 2015 apresentou-se no festival “Rock in Rio” em palco montado na Rock Street.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Noel Rosa
3 Eumir Deodato
4 Dorival Caymmi
5 Chico Buarque
6 Geraldo Pereira
7 Lupicínio Rodrigues
8 Pixinguinha
9 Roberto Carlos
10 Romildo