Busca:

Ponto BR



Dados Artísticos

Formado em 2002 na cidade de São Paulo, representou o Brasil no Golden Karagöz Festival (Turquia) e Festival Wemilere (Cuba). Venceu como melhor grupo regional o 23° Prêmio da Música Brasileira. Realizou temporada na Caixa Cultural Curitiba, shows pelos SESCs de Sái Paulo com apoio do ProAc ICMS, no Centro Cultural Banco do Brasil e em Festivais, como Chapada dos Veadeiros, Festival Brasília, Festival Sotaque e outros, além de turnê por 9 estados patrocinado pelo Programa Natura Musical, sendo assistido por mais de 10 mil pessoas.  Tornou-se referência do diálogo com as tradições populares brasileiras e africanas, recebendo prêmios da Petrobrás, Caixa Cultural e Natura Musical. Cocos, Maracatus, Bois, Rojões, Carimbós, são os gêneros que compõem o repertório dos espetáculos. Em 2014, ganhou o Prêmio da Música Brasileira como melhor grupo regional reunindo artistas como Mestre Walter do Maracatu Estrela Brilhante de Recife, Dona Zezé de Iemanjá, Caixeira do Divino, Ribinha do Bumba Boi de Maracanã, o músico suíço Thomas Rohrer e o maranhense Henrique Menezes, além da DJ Dolores, Ivaldo Bertazzo, Zélia Duncan, Nação Zumbi, Mestre Ambrósio, Zeca Baleiro e Chico Cesar, entre outros.  O segundo disco do grupo, “Trancelim”, foi lançado em 2018 através da campanha de financiamento coletivo. Para esse álbum o grupo convidou parceiros como As Caixeiras do Divino da Casa Fanti Ashanti (MA), Seu Nelson da Rabeca (AL), o Jongo da Serrinha (RJ) e a Comunidade Agudá de Porto Novo, Benin (África ocidental).

Mais visitados
da semana

1 Hermeto Pascoal
2 Caetano Veloso
3 Dorival Caymmi
4 Noel Rosa
5 Tom Jobim
6 Festivais de Música Popular
7 João Gilberto
8 Luiz Gonzaga
9 Jane e Herondy
10 Candeia