Busca:

Pixote



Dados Artísticos

Grupo de pagode criado em 1993 na cidade de São Paulo por amigos que tocavam por diversão numa praça. Integrado por Agnaldo Nascimento Apolinário (São Paulo, 15/5/1977 - tantã), Thiago Carvalho Santana (São Paulo, 19/6/1984 - teclado), Douglas Fernando Monteiro (São Paulo, 6/8/1978 - voz), Clayson Rangel Batista (São Paulo, 13/12/1978 - violão) e Eduardo Pereira Pacheco (São Paulo, 6/6/1979 - pandeiro), o grupo teve como primeiro nome Revelação do Samba. Com este nome, participou do Festival do Choppapo, uma casa de espetáculos da capital paulista, classificando-se em 2º lugar. Neste mesmo ano, na coletânea "Pagode de Primeira II", da gravadora Zimbabwe, foram incluídas "Sonho real" e "Sonho de um poeta", as primeiras gravações do grupo. Nessa época, mudou de nome, passando a se chamar Pixote, por se tratar de um grupo integrado por jovens músicos.
No início de sua carreira fez um show no CERET-SP para mais de 100 mil pessoas.
Em 1994 fez uma apresentação durante a Copa do Mundo no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.
O primeiro CD do grupo, "Brilho de cristal", foi lançado por um selo independente criado pelo grupo em 1995, quando a idade média dos componentes era de 16 anos. O segundo CD, "Tão inocente", foi lançado em 1998, destacando-se as músicas "Bombom demais" e "Saudade de nós".
No ano 2000  lançou, pelo selo Continental East West, o CD “Tá bom demais”, que contou com a produção de Bira Hawai.
Participou da coletânea “A verdade de Nelson Rufino” (Som Livre, 2000), para a qual gravou “Se tivesse dó” (Nelson Rufino e Zeca Pagodinho).
Nos anos de 2002 e 2003 participou das coletâneas “Os Melhores do Ano Ao Vivo” III e IV, registros dos shows realizados no Expresso Brasil, em São Paulo, nos quais gravou “Natureza” (Rosinha de Valença e Leci Brandão), com Leci Brandão, e “Tímida tentação” (Jorge Aragão), respectivamente.
O grupo emplacou várias músicas com os discos “Idem” (Warner Music, 2001), “Pira” (Independente, 2002), “Vamos nessa  Ao Vivo” (Sky Blue, 2004), “Descontrolado” (Atração, 2005).
Em 2008 lançou, pelo selo Atração, seu primeiro DVD “15 Anos Ao Vivo”, que se inicia com o pot-pourri de “Brilho de cristal/ É de arrepiar/ Saudade de nós”.
Em 2010 assinou contrato com a gravadora EMI, pela qual lançou o CD/ DVD “Obrigado, Brasil”, com duas músicas de Dodô “100% mais você” (c/ Walmir Borges) e “Minha fé” (c/ Valtinho J. e Peu C.).
Em 2011 o grupo fez show no Botequim São Nunca, no Rio de Janeiro, no qual interpretou alguns de seus sucessos, entre os quais "Bombom demais", "Saudade de nós", "Sonho real" e "Sonho de um poeta", tendo como convidado especial do grupo carioca o cantor Bruno Miguel.
Em 2012 lançou o CD “Fã”, com 14 músicas inéditas escolhidas pelo grupo e pelos fãs como “Deixe eu ir à luta” (Leandro Lehart), “Mal de amor” (Rafinha, Ana Duarte e Douglinho) e “Ficando louco” (Arnaldo Saccomani, Thaís Nascimento e Douglas Lacerda). Nesse mesmo ano viajou em turnê pela Europa, passando por Bruxelas (Bélgica), Zurich (Suíça), Lisboa (Portugal) e Paris (França). Em seguida embarcou para os Estados Unidos onde fizeram três apresentações.
Em 2014 lançou, pelo selo Som Livre, o CD/ DVD “Pixote 20 anos - Sem Moderação”, gravado ao vivo no Credicard Hall, em São Paulo. O disco, que comemora as duas décadas de carreira do grupo, contou com a participação do grupo Revelação em “Atentado ao pudor” (Fernando Resende, Jhonatan Alexandre e Mozart do Cavaco) e de Luiz Carlos (do grupo Raça Negra) em “Insegurança” (Valtinho Jota). Nos extras do DVD foi incluído o making of da turnê do grupo pela Europa.

Mais visitados
da semana

1 Noel Rosa
2 Caetano Veloso
3 Tom Jobim
4 Hermeto Pascoal
5 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
6 Cartola
7 Música Sertaneja
8 Toca do Coelho
9 Nelson Cavaquinho
10 Tim Bernardes