Busca:

Pirapó e Cambará



Dados Artísticos

Cantores. Dupla sertaneja. Compositores.

Casimiro Granelli, o Pirapó - Presidente Prudente, SP -

Valentim Granelli, o Cambará

Iniciaram a carreira em Londrina, na Rádio Difusora do Paraná. Receberam convite de Nhô Zé e se apresentaram no programa Alvorada Cabocla. Em 1958, gravaram o primeiro disco pela Chantecler, cantando a rancheira "Desencoste da Chiquinha", de Cambará e o xote "O negócio é o seguinte", de Teddy Vieira e Augusto Toscano. No mesmo ano, alcançaram sucesso apresentando-se na Rádio Nacional de São Paulo. A rancheira "Desencoste da Chiquinha" tornou-se um clássico da música sertaneja. Em 1959 lançaram o maxixe "Festa de palhaços", de Piraci e Teddy Vieira e a rancheira "O cheiro da rosa", de autoria da dupla. No mesmo ano, pelo selo Sertanejo gravaram a embolada "São Paulo bão" e o corrido "Mariposa arrependida", as duas de autoria da dupla. Em 1960 gravaram, também de autoria dos dois, o valseado "Izaura" e o tango "Amargurado". Em 1961 gravaram de Luiz vieira e Ubirajara dos Santos a rancheira "Tatu na toca". Em 1963 compuseram em parceria com o radialista José Russo a canção rancheira "Procura esquecer-me". Gravaram ainda os LPs "Reis da embolada" e "Tô aqui prá te ajudá".

Mais visitados
da semana

1 Jota Raposo
2 Ferrugem (Jheison Failde de Souza)
3 Elis Regina
4 Creone e Barrerito
5 Tom Jobim
6 Nelson Cavaquinho
7 Chitãozinho e Xororó
8 Noel Rosa
9 Caetano Veloso
10 Luiz Gonzaga