Busca:

Pio Lobato


Belém, Pará

Dados Artísticos

  Desde a década de 1990, foi pioneiro em estudar a guitarrada, gênero surgido nos anos 1970 da fusão original de choro, merengue e jovem-guarda, na técnica de guitarristas de sua região.  A partir de 1997, passou a integrar o grupo Cravo Carbono, no qual experimentou misturas entre música pop e ritmos de sua região.  Seu trabalho ao lado do grupo foi mostrado, em 2000, pelo documentário multimídia Música do Brasil, de autoria do antropólogo Hermano Vianna.  Em 2003, teve sua composição “Psicocumbia” incluída na trilha sonora do filme “Deus é Brasileiro”, de Cacá Diegues.  Essa música, de natureza instrumental, já havia ganhado destaque em uma coletânea nacional editada pelo projeto “Itaú Cultural Música – Rumos e Vertentes”, lançada em 2001. Buscando por um caminho próprio para suas composições instrumentais, buscou influências não só no rock, no choro, na guitarrada, mas também em gêneros regionais mais recentes, como o Tecnomelody, de Belém do Pará.   Em 2012 apresentou-se na terceira edição do Terruá Pará, como uma das principais estrelas no festival realizado em duas etapas: em Belém do Pará e São Paulo.  Do evento, participaram cerca de 70 artistas de diferentes gêneros paraenses, como Conjunto de Carimbó Uirapuru, Gang do Eletro, Sebastião Tapajós, Gaby Amarantos, Manezinho do Sax, Mestre Laurentino e Lia Sophia.
Em 2015, lançou seu quinto disco da carreira, “Pio Lobato”, que passeou pelos seus então 20 anos de carreira e pela música de seu estado, o Pará, com composições antigas e inéditas. O álbum duplo, lançado em formato de LP, foi dividido em quatro segmentos: o lado A com lambadas, lado B com guitarradas, o lado C com loops, e o lado D com música progressiva.
Em 2016, foi citado em reportagem especial sobre a música paraense na revista da União Brasileira dos Compositores como um dos principais expoentes na época da música do estado.
   

Mais visitados
da semana

1 Música Sertaneja
2 Dorival Caymmi
3 Caetano Veloso
4 Tom Jobim
5 Assis Valente
6 Noel Rosa
7 Lupicínio Rodrigues
8 Hermeto Pascoal
9 Daniela Mercury
10 Chico Buarque