Busca:

Pedro Paulo de Leoni

Pedro Paulo Wandeck de Leoni Ramos
5/3/1927 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Atuou como produtor na Rádio Roquete Pinto. Foi presidente da Fundação Rádio Mauá, superintendente da Rádio Nacional e presidente da Empresa Brasileira de Radiodifusão (Radiobras), da qual foi organizador e o primeiro dirigente, tendo sido fundador da Rádio Nacional FM, a primeira emissora brasileira a transmitir exclusivamente a música popular (e até erudita) de nosso país. Foi também assessor especial do Secretário de Cultura, Esportes e Turismo do Rio de Janeiro (gestão Fernando Barata) e do Secretário de Cultura da Presidência da República (gestão Sergio Paulo Rouanet).

Como produtor de shows, atuou durante 14 anos em Brasília, tendo sido organizador e responsável pela montagem de 10 espetáculos musicais no Teatro Nacional da Capital da República. Foi ainda produtor da Brasília Super Rádio FM, onde apresentou por vários anos o programa “Bossa, jazz e outros ritmos”.

Sua estréia como compositor ocorreu no projeto Paulo Gracindo, em 1968, quando foi apresentada a música “Lua, sempre lua”, interpretada por Ângela Maria, que logo a gravaria na Copacabana Discos. Em seguida, a cantora Marlene e o humorista Agildo Ribeiro gravaram, quase simultaneamente, a marcha “Querida Elisa”, que participou do Concurso de Músicas para o Carnaval do MIS-RJ, transmitida pela TV Tupi, em 1970.

Em 1971, Adelaide Chiozzo gravou a balada “Nosso amor”, pelo selo Equipe, de Nilo Sérgio.

No ano seguinte, a cantora Eleonora Diva registrou, pela Top Tape, a balada “Tempo, espaço, cor”, cuja letra é de Lea Cavalcanti, filha do compositor Armando Cavalcanti. Nesta gravação, atuaram os músicos Paulo Moura, Wagner Tiso, Copinha e Eduardo Lage (com o Quarteto Forma), sob a regência do Maestro Orlando Silveira.

Tem parcerias com o letrista Billy Blanco, o acadêmico Alberto da Costa e Silva e com Gilberto Job, consultor internacional de informática e da construção civil.

Em 2007, lançou seu primeiro CD, apresentado por Ricardo Cravo Albin, com conjunto de músicos liderado pelo pianista argentino Pablo Lapidusas. No repertório, 12 composições de sua autoria: “Se amanhã fosse ontem”, “Querência”, “Praiana”, “Sem mais ninguém”, “Canção do entardecer”, “Maxixando”, “Sofismando”, “Traço de união”, “Viver tudo hoje”, “Trinca de Cartola”, “A voz do vento” e “Tempo, espaço, cor”, esta última a única faixa em que o compositor encontra-se ao piano.

Mais visitados
da semana

1 Vinicius de Moraes
2 Tiee
3 Durval e Davi
4 Mayck e Lyan
5 As Marcianas
6 Festivais de Música Popular
7 Creone e Barrerito
8 Gilberto Monteiro
9 Luiz Gonzaga
10 Teresa Cristina