Busca:

Pedro de Alcântara

Pedro de Alcântara
21/8/1866 Rio de Janeiro, RJ
29/8/1929 Sete Lagoas, MG

Dados Artísticos

Iniciou sua atividade artística apresentando-se nos Cinemas Odeon,  Americano (situado à Avenida Nossa Senhora de Copacabana) e no Atlântico.  Promovia  encontros em sua casa onde recebia companheiros de choro como Quincas Laranjeiras, Ernesto Nazareth, Villa-Lobos, Catulo da Paixão Cearense, entre outros. Em 1907, compõe a polca  "Choro e poesia", inicialmente chamada "Dores do coração", sua composição mais conhecida,  gravada em  disco da Casa Edison, em 1911.  Posteriormente,   ao receber  letra de Catulo da Paixão Cearense, "Choro e poesia" tornou-se a célebre canção "Ontem ao luar".  Em 1912 realizou uma série de quatro gravações com o pianista Ernesto Nazareth interpretando as polcas "Choro e poesia", de sua autoria e "Linguagem do coração", de Joaquim Calado e os tangos "Favorito" e "Odeon", de Ernesto Nazaré. Em 1918, Vicente Celestino gravou "Ontem ao luar" na Odeon. Seu último recital aconteceu na cidade de Sete Lagoas em Minas Gerais, no Cine Trianon, em 1929. Na ocasião,  foi  acompanhado por seu filho Sérgio Pedro de Alcântara, ao violino e  por Geralda da Mata, ao piano. Faleceu poucos dias depois nesta mesma cidade.  Nos anos 1970, a composição "Choro e poesia" (Ontem ao luar) voltou às paradas de sucesso recebendo cerca de 10 novas gravações, pois muitos na época, a acharam parecida com a música "Love story", do filme do mesmo nome, sucesso de bilheteria. Muitas das gravações feitas omitiam sua participação na autoria da música, que era dada apenas a Catulo da Paixão Cearense. Um  neta do compositor obteve na justiça em 1976, que lhe fosse restabelecida a autoria da polca. Em 2000, a gravação de "Ontem ao luar" feita por Vicente Celestino foi relançada pela EMI na série "Cantores do rádio", volume 1. Em 2013, sua interpretação, na flauta, do tango "Odeon", de Ernesto Nazareth, com o próprio Ernesto Nazareth ao piano, realizada em 1912, foi incluída no CD "Ernesto Nazareth 150 anos - Vol. 1" lançado pelo selo Revivendo em homenagem ao sesquicentenário do compositor Ernesto Nazareth.

Mais visitados
da semana

1 Ivan Cavalcante Proença
2 Pixinguinha
3 Noel Rosa
4 Pedro Bento e Zé da Estrada
5 Tom Jobim
6 Jerry Adriani
7 Hermeto Pascoal
8 Caetano Veloso
9 Festivais de Música Popular
10 Adriana