Busca:

Parangolé



Dados Artísticos

Banda baiana formada em 1997. Os amigos Adriano Nenel e Nailton Alves se encontravam diariamente para jogar cartas no bar de Dona Maria, no bairro da Federação em Salvador (BA) e depois acabavam por fazer uma música no local. Esses encontros geraram comentários por parte de curiosos como “que parangolé é aquele que está rolando na Federação?”, originando o nome do grupo.  Em 2000 Nailton deixou o grupo para se tornar pastor evangélico, e passou a se dedicar à música gospel. Assumiram seu posto cantores como Mucinho, Paulinho, Klebinho, Eddye e Bambam. Lançaram os CDs “Parangolé Ao Vivo” (2002), “Parangolé” (2005) e “A verdade da cidade” (2006), que incluíram músicas como “Swing do cavaco”, “Timanamanô”, “Colé véio”, “Só as cabeças” e “Problemática”. Em 2007 o cavaquinista Nenel saiu da banda. A partir desse ano o cantor e compositor Léo Santana assumiu os vocais e gravou o CD “Dinastia Parangoleira: 10 Anos”, lançado pelo selo Universal Music, com as participações de LevaNóiz e Nenel em “Sou favela”. Em 2008 lançou seu primeiro DVD “Dinastia Parangoleira: Ao Vivo”, gravado na presença de um público com cerca de 25 mil pessoas. Em 2010 lançou a música “Rebolation”, de Léo Santana e Nenel, com a qual ganhou o “Troféu Dodô e Osmar” de “Melhor Música”, ganhamdo também nas categorias “Melhor Cantor” e “Melhor Grupo de Pagode”. A banda ficou conhecida em todo território nacional. Nesse mesmo ano lançou o CD “Negro lindo”, com 13 faixas inéditas. Em 2011 foi a atração principal do evento Samba Salvador, em que gravou o DVD “Todo mundo gosta”, com as participações de Rodriguinho em “Leite condensado” e Thiaguinho em “Negro lindo”. O DVD foi lançado pelo selo Universal Music nesse mesmo ano. Ganhou pelo segundo ano consecutivo o “Troféu Dodô e Osmar” de “Melhor Grupo de Pagode”. Em 2013 com o lançamento do CD “Diferenciado”, o nome do vocalista Léo Santana já estava sobressaindo ao da banda, optando por seguir carreira solo no ano seguinte. Em 2015 o cantor Tonny Salles assume os vocais da banda, juntamente com Nenel, que retornou como segunda voz a cavaco. Nesse mesmo ano lançam o CD “Baianidade total”, com nove músicas inéditas dentre as quais “Tchuco no tchaco”. Em 2016 foi uma das atrações do “Salvador Fest”, cujo registro ao vivo do show foi lançado em CD e DVD. No ano seguinte, lançou o CD intitulado “O novo” e o DVD intitulado “Solta o Parango”. Em 2019 realizou ensaios abertos aos domingos, durante todo o verão, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), onde gravou o DVD “O som que vem da rua”, com as participações de Léo Santana e Xanddy. Lançado nesse mesmo ano, o DVD incluiu o single “Open bar”, que ultrapassou a marca de dez milhões de visualizações em dois meses após seu lançamento; e a inédita “Abaixa que é tiro”, considerada “Melhor Música de 2019”.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Assis Valente
3 Nelson Gonçalves
4 Nelson Cavaquinho
5 Caetano Veloso
6 Chico Buarque
7 Dorival Caymmi
8 Tom Jobim
9 Noel Rosa
10 Música Sertaneja