Busca:

Osmar Frazão

Osmar de Araújo Frazão
8/2/1936 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Em 1958, iniciou sua carreira na TV Tupi do Rio de Janeiro, participando como ator dos programas humorísticos "Ali Babá e os Quarenta Garçons", "Rua do ri-ri-ri" e "A, E, I, O, Urca", dentre muitos outros, ao lado de Daniel Filho, Cláudio Cavalcanti e Lúcio Mauro. No ano de 1963, a convite de Chico Anísio, ingressou na TV Rio, Canal 13. Nesta emissora, participou como ator e produtor em diversos programas humorísticos, como "Praça Onze" no quadro "Café Bola Branca", ao lado de Sônia Mamede. Dois anos depois, em 1965, participou da comédia "A Garçonnière de Meu Marido", de autoria de Silveira Sampaio, atuando com Aurimar Rocha e Marilu Bueno. Por essa época, fez parte do elenco de reinauguração do Teatro de Madureira, juntamente com Renato Aragão e Carvalhinho. Em 1968, gravou para o carnaval daquele ano "Feliz sem você" (Ari Moreira e Sebastião Nunes). Deste ano até 1971, integrou o elenco da TV Globo participando de diversos programas na emissora, dentre eles: "Balança Mais Não Cai" e "Escolinha do Professor Raimundo". Atuou também em novelas como "Primeiro Amor", com Sérgio Cardoso, e em "Selva de Pedra". Em 1972, ao lado de Virgínia Lane, participou da revista teatral "Pega no Ganzê... Bota pra Ganzá", no Teatro Rival. Produziu e dirigiu, em 1974, o programa de Mauro Montalvão para a TV Tupi. Neste mesmo ano, a convite do apresentador Flávio Cavalcanti, fez parte do corpo de jurados, recebendo do apresentador o apelido de "A Enciclopédia da Música Popular Brasileira". Durante o ano de 1977, manteve no jornal "Tribuna da Imprensa" uma coluna sobre música popular brasileira. Ainda neste ano, produziu espetáculos como "O Fantástico Show do Samba", no Cassino Royale, e as grandes serestas do Boulevard, onde se apresentaram cantores como Roberto Paiva, Roberto Silva, Gilberto Milfont, Orlando Correia e Carlos Galhardo. Por essa época, dirigiu na TV Tupi o programa AP Show de Aérton Perlingeiro. Em 1980, convidado pelo presidente da Riotur, João Roberto Kelly, assumiu a Coordenação de Eventos Especiais daquela empresa, em 1980. Em 1990, produziu e dirigiu o espetáculo de carnaval "Baile da Cinelândia". Em 1995, assumiu a Direção Geral da Rádio Nacional. Participou de inúmeras palestras sobre a música brasileira e seus autores em colégios e faculdades. Foi consultor musical da cantora Elizeth Cardoso no show "Bandeira Branca", dirigido por Bibi Ferreira no Canecão. Participou do programa "Show Sem Limite", na TV Manchete respondendo sobre a vida de Orlando Silva, o "Cantor das Multidões", fato idêntico ocorrido em 1968, na TV Tupi, na qual também venceu num programa similar, respondendo sobre a vida musical do compositor Sinhô. No ano de 2004 apresentou na Rádio Nacional AM o programa "Estórias do Frazão", no qual contava 'causos' e casos pitorescos sobre artistas da música popular brasileira, muitos deles, presenciados pelo próprio narrador.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Assis Valente
3 Chico Buarque
4 Caetano Veloso
5 Eumir Deodato
6 Noel Rosa
7 Dorival Caymmi
8 Festivais de Música Popular
9 Tom Jobim
10 Romildo